Campanha de vacinação contra gripe vai contar com 240 postos na Capital

Por - em 61

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) vai realizar a campanha de vacinação contra a gripe no período de 5 a 25 de maio. A 14ª campanha será aberta pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) no dia 5, às 9h, na Unidade Saúde da Família (USF) Grotão. Além dos adultos acima de 60 anos, serão vacinados os trabalhadores da saúde e crianças na faixa etária de seis meses a dois anos e gestantes. A previsão é que 88 mil pessoas recebam a dose em 210 postos de vacinação físicos e em 30 postos de vacinação móveis.

Todas as 180 USFs da Capital vão participar da campanha. Segundo Chiara Dantas, responsável técnica pela seção de imunização da SMS, a meta é que seja vacinado 80% do público beneficiado. “Nosso objetivo é reduzir a morbimortalidade relacionada a infecções respiratórias nestes grupos, que são mais frágeis”, destacou.

Durante o “Dia D”, além de todas as unidades de saúde, serão instalados 30 postos móveis por toda a Capital, incluindo shoppings, terminal de integração e hipermercados. Inserida na campanha, a SMS também organizou uma estratégia de vacinação para os profissionais que trabalham em saúde, que será realizada na rede hospitalar municipal a partir do dia 5 de maio.

“As infecções respiratórias agudas tinham maior incidência em pessoas com idade acima de 60 anos e crianças. O principal agente etiológico é o vírus da influenza. Logo, é necessário fazer esse chamamento para os grupos avaliarem a real importância que é o ato da vacinação”, disse Chiara.

Uma equipe de 1.220 profissionais de saúde foi destacada para trabalhar durante a campanha. “Convidamos toda a população a participar da abertura da campanha, para que o público a que se destina a vacina possa receber sua dose e se precaver contra a influenza”, destacou Chiara. “A vacina é inativada pelo formaldeído, purificada, segura e, após aberta, deve ser utilizada em 7 dias, com via de administração intramuscular. Por isso, temos que focar o maior número de pessoas no período de vacinação”, explicou.

As crianças de seis meses a dois anos de idade receberão duas doses, uma no período de vacinação e outra 30 dias após a primeira.  Já os adultos receberão duas doses em uma única aplicação. As pessoas com história de reação anafilática prévia ou alergia severa a ovo de galinha e seus derivados, assim como qualquer componente da vacina, são contra-indicadas a receberem a vacina. Pessoas que apresentaram reações anafiláticas graves a doses anteriores também não devem receber doses subsequentes.