Campanha em redes sociais estimula plantio de árvores e descarte de resíduos eletrônicos

Por - em 143

Na ‘Semana do Meio Ambiente’, a Prefeitura de João Pessoa (PMJP) lança, em parceria com a RCTEC Resíduos Eletrônicos e a Codata, uma campanha nas redes sociais estimulando o plantio de árvores e o descarte correto de resíduos eletrônicos. Essa é mais uma iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) para tornar João Pessoa uma das cidades mais verdes do Brasil e preservar os rios e lençóis freáticos.

O objetivo da campanha, segundo Vivian Maitê, chefe da Divisão de Projetos e Convênios da Semam, é estimular as pessoas que não têm como plantar a sua árvore a contribuir para uma cidade mais verde. “Usando as redes sociais, como o Twitter, as pessoas podem manifestar o desejo de plantar uma árvore via internet, sem precisar sair de casa, mas”, disse.

Como funciona – A Semam e a RCTEC vão monitorar a citação da hashtag #descarteresponsavel. A cada 10 mensagens no Twitter, citando a hashtag, será plantada uma muda de árvore nativa em João Pessoa. As mudas serão plantadas no Parque Cabo Branco e por trás do 15º Batalhão, em Cruz das Armas, que são áreas verdes devastadas pela ação do homem e estão sendo recuperadas pela PMJP.

O plantio será feito ao longo dos meses de junho e julho, por técnicos da Semam com apoio do Exército. A meta é atingir, no mínimo, 1.500 mudas de árvores nativas no final da campanha.

Pontos de coleta – Os computadores, monitores, baterias de celular e outros componentes eletrônicos podem ser entregues na Qualitech Informática, Cultura Inglesa, Codata, Pet. Química, Unipê, Softcom, Yázigi, Eco Informática e na sede da Superintendência da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur). A RCTEC recolhe os equipamentos nas empresas e dá o destino adequado aos resíduos.

Parceria – A RCTEC Resíduos Eletrônicos é uma empresa que oferece aos órgãos governamentais, lojistas, fabricantes e diversos outros setores, o serviço de coleta e destinação adequada de resíduos eletrônicos como baterias, notebook, computadores, entre outros.

Estes são equipamentos produzidos com substâncias tóxicas como metais pesados, entre eles chumbo e mercúrio, que colocam em risco a saúde humana ao poluírem, por exemplo, a água que consumimos. Por isso, eles não podem ser jogados no lixo comum.