Cândida Vargas pede doações para repor estoque do banco de leite

Por - em 40

O Banco de Leite Humano do Instituto Cândida Vargas (ICV) está convocando mulheres que estejam amamentando e com bom estado de saúde, para que possam fazer doações do seu leite materno à instituição. O setor está com o estoque baixo em decorrência do grande número de nascimentos nesse período do ano.

As mães que puderem fazer mais essa ação de amor deverão procurar o Instituto Cândida Vargas, situado à avenida Coremas, 865, no bairro de Jaguaribe ou ligar para o telefone 3015-1515. No ato da doação, as mães que ainda não realizaram o pré-natal, serão submetidas aos exames de hemograma, hepatite e HIV. Em seguida, o leite é passa por um processo de pasteurização e a controles de qualidade.

A ‘Enfermaria Canguru’, como é conhecido o setor no qual funciona o banco de leite, está com cinco recém-nascidos que necessitam do leite humano pasteurizado. Juntos, por dia, eles chegam a consumir mais de um litro. Já no berçário de cuidados intermediários, são quatro recém-nascidos que precisam 800 mililitros diariamente. Além disso, a UTI Neonatal está com cinco bebês, que também precisam do leite doado.

A coordenadora do Banco de Leite Municipal, Abigail Lopes, explicou que a unidade é considerada referência na recuperação de bebês prematuros na cidade de João Pessoa. A doação precisa ser voluntária, por isso a necessidade de sensibilização da população. Estamos funcionando no limite e precisamos de ajuda das mães com excedente de leite para alimentar essas crianças. É importante também a participação dos agentes de saúde, que podem indicar, em suas áreas, as mães que podem fazer a doação”.