Cantora Érica Maia é atração, sábado, na Estação Cabo Branco

Por - em 41

A cantora Érica Maia é atração deste sábado (23) na Estação Cabo Branco, Ciência, Cultura e Artes, localizada no bairro do Altiplano em João Pessoa. A apresentação, que faz parte do projeto “Som da Tarde” e acontecerá no auditório, às 17h00, com entrada aberta ao público. Érica Maia se apresenta com a banda formada por Eugênio Cruz (violão), Day Batista (flauta), Gê Manoel (piano e acordeon), Alberico e Júnior (percussão e programação) e Eugênio Gomes (baixo). No repertório do show estão incluídas 16 músicas autorais, entre elas ‘Nua’, ‘Armadilha’ e ‘Nem nada’, além de canções de autoria de Eugênio Cruz, a exemplo de ‘Monophobia’ e ‘A dor de amar’.

Dona de uma voz encantadora, Érica Maria é natural de Roraima, região norte do país, mas reside em João Pessoa há 12 anos. Começou a cantar em 2004 e, logo em seguida, passou a compor com o pessoal do grupo “Na Sala da Casa Verde”, com quem concorreu no Festival Nacional Geraldo Azevedo da Canção (Petrolina/PE) com a música “Armadilha”. No mesmo período participou da montagem teatral “Da exceção à Regra”, uma releitura de Brecht, com direção de Carlos Cartaxo, em que cantava Villa Lobos.

Em 2007, teve a sorte de ter classificada a música “Cantiga” de autoria dos compositores Francisco Limeira e Alex Figueiredo, no Festival Pernambucano de Música. A participação rendeu a jovem cantora um convite para ser intérprete de suas músicas no show “Virgo”, uma reunião de suas composições. Em novembro do mesmo ano classificou a canção “Tristesse de La Sierra” no Festival da Canção de Juazeiro na Bahia, sendo finalista.

Um ano mais tarde, 2008, o show “Virgo” foi apresentado no Serviço Social do Comércio (Sesc), tendo sido escolhido para dar continuidade ao projeto “Canto do Vale”. Foi quando a cantora apresentou, pela primeira em João Pessoa, o seu primeiro show solo, dentro do projeto “Circuito das Praças”, em que cantou músicas autorais e de compositores amigos.
No momento Érica Maria está em fase de finalização do CD do grupo Mama Jazz, onde participa como backing vocal nas 12 faixas. Ela também abriu o show dos cantores mineiros Tunai e Paulinho Pedra Azul, dentro do Projeto Seis e Meia. Uma de suas últimas atuações foi a classificação da canção “Monophobia” de autoria de Eugenio Cruz, no Music Fest Shopping Tatuapé de São Paulo. A música foi selecionada entre as 400 inscritas em todo país.

SERVIÇO:
Projeto Som da Terra
Atração: Érica Maria
Sábado (23)
Hora: 17h00
Local: Auditório da Estação Ciência – Praia do Cabo Branco
Entrada franca
Informações: 8830.2484