Capital gera 68% mais empregos no primeiro semestre

Por - em 35

João Pessoa gerou 4.294 novos postos de trabalho entre janeiro e junho deste ano, 68,52% mais do que no mesmo período de 2009. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quinta-feira (15) pelo Ministério do Trabalho, com esse resultado a geração de empregos na Capital teve o melhor primeiro semestre desde 1997, ano de início da pesquisa. O número de admissões registradas ficou em 27.999 e o de demissões, em 23.705.

O setor que mais gerou empregos foi o da construção civil, com saldo de 2.275 novos postos no primeiro semestre – resultado de 1.122 contratações e 771 desligamentos. Em segundo lugar ficou o setor de serviços (1.295) e, em terceiro, o comércio (817). O Caged analisa ainda os setores da indústria da transformação (que gerou 542 vagas no primeiro semestre), agropecuária (29), administração pública (8), extrativista mineral (-1) e serviços industriais de utilidade pública (-671).

Apenas em junho, João Pessoa gerou 792 postos, 34,92% mais do que no mesmo mês de 2009. O principal responsável pelo bom resultado foi o setor do comércio, que registrou saldo de 351 vagas. Já o setor de serviços ficou com 254 vagas; o da indústria da transformação, com 80; construção civil, com 78; serviços industriais de utilidade pública, com 28; administração pública, duas; agropecuária, zero, e extrativismo mineral, fechou um posto de trabalho.

Os dados do Caged revelam que João Pessoa continua sendo a cidade do Estado mais dinâmica em termos de geração de emprego. O número de novos postos neste primeiro semestre (4.294) corresponde a quase 70% mais do que o registrado pelo segundo lugar (Campina Grande, que abriu 2.539 novas vagas).