Capital integra projeto contra exploração sexual de jovens

Por - em 24

A cidade de João Pessoa foi escolhida pelo Ministério do Turismo (Mtur) para integrar o projeto ‘Turismo e Prevenção à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes’. A Capital foi escolhida por conta de sua proximidade com Recife, em Pernambuco, e Natal, no Rio Grande do Norte, capitais que sediarão jogos durante a Copa do Mundo de 2014.

O projeto tem como objetivo sensibilizar o país e incentivar a população e os atores do turismo a agir de forma preventiva e denunciar os casos de exploração. O Ministério do Turismo (MTur) investirá R$ 3,7 milhões no projeto que formará, a partir deste mês, 94 multiplicadores, que disseminarão o aprendizado em 17 estados e no Distrito Federal.

O secretário de Turismo da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), Elzário Pereira Júnior disse que a inclusão de João Pessoa nessa ação do ministério vai fortalecer ainda mais o combate a esse tipo de crime na Capital. “Estamos trabalhando para que a exploração sexual de crianças e adolescentes seja definitivamente banida de nossa cidade, que se comparada com estados vizinhos ainda tem um número de casos pequeno, mas queremos zerar essa estatística”, enfatiza.

Elzário Pereira ressaltou que há um compromisso muito grande do trade turístico com essa causa e enfatizou a parceria entre o poder público e a iniciativa privada. “O Termo de Ajustamento de Conduta assinado recentemente entre mais de 70 hotéis de João Pessoa, Ministério Público da Paraíba e Ministério Público do Trabalho, se comprometendo a proibir o ingresso de crianças e adolescentes nos estabelecimentos sem identificação prévia e acompanhamento dos responsáveis legais, como forma de prevenir a exploração sexual infanto-juvenil, é uma prova desse pacto em prol das crianças e adolescentes na Capital”, relembrou.

O projeto – A primeira fase do projeto, que já foi iniciada formará 94 multiplicadores que serão responsáveis por repassar o aprendizado para outras pessoas em 17 estados e no Distrito Federal. Na segunda etapa, as ações terão foco nos dois eventos mundiais que acontecerão no Brasil: a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. A iniciativa abrangerá as doze cidades-sede da Copa: Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. João Pessoa, na Paraíba, também será beneficiada, pela proximidade a Recife e Natal.

Para a última fase, está prevista uma campanha de abrangência nacional, com o slogan do projeto ‘Exploração sexual de crianças e adolescentes não é turismo. É crime’. Uma das intenções é envolver os empresários do setor no desenvolvimento de projetos e campanhas ligados ao tema.