Capital paraibana arrasta o pé ao som de Renata Arruda, Genival Lacerda e Nando Cordel

Por - em 119

Forró, xote e baião não deixaram parado o público que foi conferir a segunda noite do “São João de João Pessoa – O Melhor da Gente”, nesse sábado (23). As festividades juninas, no Ponto de Cem Réis, se estendem até o dia 29 deste mês, e contam ainda com o XVI Concurso de Quadrilhas Juninas, na Praça Dom Adauto. O evento é uma realização da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope).

A cantora Renata Arruda foi a primeira atração da noite no palco principal, com um repertório em homenagem ao Rei do Baião, Luiz Gonzaga. O show começou com a canção “Baião” e, na sequencia, Renata chamou o público para dançar e cantar ao som de “Último pau de arara”, “Qui nem jiló”, “Sabiá”, “É proibido cochilar”, “Olha pro céu”, “Brincadeira na fogueira”, entre outras.

A segunda grande atração no palco principal foi Genival Lacerda, que, no final da apresentação, elogiou o público do Ponto de Cem Réis, que foi ao delírio com sucessos como “Quem Dera”, que abriu o show, “Severina Xique-xique”, “Rádio de pilha”, “Mate o veio” e “De quem é esse jegue”. “O público daqui é maravilhoso. É um prazer imenso cantar em João Pessoa”, disse Genival Lacerda, que também homenageou Luiz Gonzaga com músicas como “Zé Matuto” e “Riacho do Navio”, e abriu espaço no palco para o filho João Lacerda.

Fechando as apresentações da noite, Nando Cordel fez o público dançar com “Hoje é dia de folia”, “Você endoideceu meu coração” e muitos outros sucessos. “Fizemos um repertório bacana, com os melhores forrós que eu fiz”, disse o artista antes do show, elogiando a escolha do São João de João Pessoa pelo forró tradicional. “É uma coisa maravilhosa. João Pessoa dá exemplo para todo o Brasil”, acrescentou o cantor.

Festa agrada – A segunda noite do São João de João Pessoa agradou o público. Um exemplo foi o promotor de vendas Rodolfo Neto, morador do bairro da Torre.  “A festa está muito boa, pois tem artistas nacionais e artistas da terra, o que diversifica a programação e torna o local um point interessante”, declarou. E para quem foi curtir as festas juninas em outras cidades, Rodolfo deu a dica: “É hora de vir pra cá, porque está bom demais”, aconselhou.

O diretor executivo da Funjope, Lúcio Vilar, avaliou as duas primeiras noites do “São João de João Pessoa – O Melhor da Gente” como positivas, principalmente pela presença popular, qualidade da programação e ousadia. “Temos uma programação coerente com a homenagem. O público percebeu que as atrações seriam pautadas pela música dos homenageados e que a gente seria fiel a isso. Por isso estamos tendo essa receptividade”, disse ele, convidando a população para os próximos dias de festa. “Tem muita coisa boa pela frente. Não vai faltar motivo para sair de casa.”

Cultura Popular – A animação no Ponto de Cem Réis começou às 18h, com as apresentações da dupla de aboiadores Zé Val e Dedé Salgado, no palco da cultura popular. Na sequencia, o forró da banda Kintura Nordestina fez o público dançar ao som de um autêntico pé-de-serra.

No início da noite, pais acompanhados dos filhos, como também avós com seus netos, foram até o ponto de Cem Réis com trajes típicos. Um exemplo foi o casal João Vicente e Ivani Soares, moradores do José Américo, que levaram a neta de 3 anos para brincar o São João de João Pessoa. “Trouxemos Ana Vitória porque ela gosta de festa e de dançar. Está tudo muito bem organizado”, elogiou João Vicente.

Marinezinha e Rádio Lua – Apresentando os shows e animando os intervalos, a personagem Marinezinha, interpretada pela atriz Suzy Lopes, é uma atração à parte. Neste sábado (23), vestida de noiva, Marinezinha procurava um noivo, que deve aparecer neste domingo (24) e vai se chamar Luizinho (Alessandro Tchê). Os dois fazem referência a Marinês e Luiz Gonzaga, homenageados no “São João de João Pessoa – O Melhor da Gente”.

Outra novidade é a “Rádio Lua – 90.5 Mhz”, cujo nome faz referência a Gonzagão, também chamado de Velho Lua. A emissora passa a funcionar neste domingo (24) e poderá ser sintonizada num raio de até oito quilômetros do Ponto de Cem Réis. Na rádio, os ouvintes podem saber a programação e acompanhar os shows.

Concurso de quadrilhas – A Quadrilha Junina Fogueirinha (Cruz das Armas) foi a grande vencedora do Grupo A ou Especial, formado pelas quadrilhas grandes, do XVI Concurso de Quadrilhas Juninas de João Pessoa e Região Metropolitana, realizado na Praça Dom Adauto, Centro.  Promovido pela PMJP, por meio da Funjope, o evento é realizado em parceria com a Liga das Quadrilhas. Em segundo lugar, ficou a Lageiro Seco (Róger), e, em terceiro, a Lampião (Mangabeira). Com a vitória, as três primeiras colocadas do Grupo A vão participar da etapa Estadual do Concurso de Quadrilhas, que será realizado em Campina Grande.

Nesse sábado (23) foi realizada a grande final do Grupo B, composto pelas quadrilhas de acesso. O primeiro lugar ficou com a Quadrilha Flor de Lírio (Funcionários IV); o segundo com a Quadrilha Paraíba (Róger); o terceiro com a Quadrilha Arco Verde (Cidade Verde/Bairro das Indústrias); e o quarto lugar com a Quadrilha Explode Coração (Colinas do Sul). Elas passam a integrar o Grupo A no próximo ano.

Boa estrutura – A auxiliar de serviços gerais Alessandra Firmino dos Santos, moradora do Róger, foi conferir as apresentações das quadrilhas do Grupo B e elogiou a beleza dos grupos e a estrutura montada pela PMJP para acomodar o público. “As quadrilhas são muito bonitas. Estou gostando também do ambiente, pois antes eu vinha assistir e me molhava com a chuva, mas agora está coberto, é bem melhor”, elogiou.