Capital paraibana deve sediar evento promovido pela ONU

Por - em 56

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) está agilizando entendimentos para realização da primeira edição brasileira, a quarta mundial, de uma feira de projetos na área de desenvolvimento humano. O evento, agendado para março do ano que vem, deve apresentar programas nacionais e estrangeiros em áreas como saúde, meio ambiente, renda e educação. Nesta quinta-feira (30), em Brasília, o prefeito Ricardo Coutinho (PSB) e o consultor internacional da Prefeitura pessoense, Pedro Henrique de Cristo, estiveram reunidos com técnicos do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), que organiza o evento, coordenados pela representante residente da iniciativa no Brasil, Kim Bolduc.

A Feira de Conhecimento de Experiências de Desenvolvimento Humano prevê atrair administradores públicos, empresários, representantes de organizações não-governamentais e professores universitários do Brasil e do exterior. Na condição de convidados estão o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e dois professores da Universidade de Yale (Estados Unidos), Gary Brewer e Jeffrey Sonnenfeld. Este último é consultor de liderança e planejamento do empresário Bill Gates, dono da Microsoft. Ao todo, cerca de 500 pessoas deverão participar da feira.

Mostra de ações – Além de iniciativas brasileiras – a própria PMJP vai expor suas ações nas áreas de microcrédito e economia de água – a organização prevê grande número de projetos desenvolvidos na América Latina e Caribe. A expectativa é estender a parceria internacional para África, Ásia e Leste Europeu. “O evento permite a divulgação de ações adotadas em João Pessoa e também que nós conheçamos projetos desenvolvidos em outros lugares, por outras frentes de trabalho”, avalia Pedro Henrique de Cristo, coordenador da Assessoria Especial da Prefeitura.

Outro objetivo da feira é incentivar empresas a adotarem práticas não-poluentes na produção, divulgando as oportunidades do mercado e a rentabilidade desse tipo de negócio. Por isso, um dos planos dos organizadores é que os materiais utilizados na feira sejam recicláveis e a energia provenha de placas solares e geradores eólicos, por meio de uma parceria com a Eletrobrás.

Empreender – Segundo o prefeito Ricardo Coutinho, a Feira é uma oportunidade de João Pessoa mostrar o que vem sendo feito pela Prefeitura no campo do desenvolvimento humano. “O projeto Empreender-JP, conforme nos foi repassado pela coordenadora do Pnud no Brasil, foi o que garantiu João Pessoa como candidata principal dessa quarta edição da Feira, em nosso país, o que, por si, só, já nos permitirá a chance de mostrar, para representantes de vários países, o que vem sendo feito em nossa capital em favor da melhoria de nossos índices de desenvolvimento humano”. As edições anteriores do evento foram realizadas em Bogotá (Colômbia), Guaiaquil (Equador) e Rosário (Argentina).