Capital se destaca e estande da PB está entre os mais visitados na Abav

Por - em 22

O estande da Paraíba na 39º edição do Congresso Brasileiro de Agências de Viagens (Abav) e Feira das Américas é um dos que tem se destacado, tanto pelas atrações gastronômicas com a degustação de tapioca de variados sabores feita na hora como pelo genuíno forró paraibano que encanta a todos, além da vasta folheteria apresentando os encantos do Estado, especialmente da Capital, destino indutor da Paraíba e está representada pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, (PMJP) através da Secretaria de Turismo (Setur).

Considerada uma das maiores feiras de turismo do mundo, com expectativa de atrair 24 mil visitantes, a feira que começou na quarta-feira (19) e termina nesta sexta-feira (21) no Riocentro, no Rio de Janeiro, continua atraído um grande número de pessoas que circulam entre os estandes dos estados participantes para conhecer o que cada um tem de melhor.

Nesta quinta-feira (20), o secretário de Turismo de João Pessoa, Francisco Linhares, participou da reunião da Associação Nacional dos Secretários e Dirigentes de Turismo das Capitais e Destinos Indutores, (Anseditur) coordenada pelo presidente da entidade, Luiz Fernando Moraes.

O encontro contou com a presença do presidente da Embratur, Flávio Dino, da secretária Nacional de Políticas de Turismo, Bel Mesquita, que confirmaram apoio político à associação pelo papel que representa e o trabalho que realiza na implementação do Plano de Regionalização do Turismo Nacional.

Na oportunidade Flavio Dino fez um balanço do ano e antecipou que, apesar da crise, houve um aquecimento. “Devemos encerrar o ano com o ingresso de 5,4 milhões de turistas internacionais, ou seja, nunca recebemos tantos turistas estrangeiros, assim como nunca tantos brasileiros viajaram para o exterior”, disse o presidente da Embratur.

Promoção – Entre outras iniciativas, Dino anunciou a instituição de verba descentralizada para os municípios, e convidou a Anseditur a participar da construção do edital que definirá os critérios de distribuição dos recursos. A entidade também deverá participar do conselho editorial da revista Aquarela, de promoção internacional dos destinos brasileiros, que terá nova edição para a Fitur, de Madri, Espanha.