Capital terá cinco novos Creis para atender 600 crianças

Por - em 32

Nos próximos seis meses, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) estará construindo cinco novos Centros de Referência em Educação Infantil (Creis) na Capital. O prefeito Luciano Agra assinou, nessa terça-feira (24), a ordem de serviço autorizando o início das obras dos novos Centros, que vão atender comunidades em quatro bairros e beneficiar cerca de 600 crianças com idade entre 2 e 5 anos. Os investimentos correspondem a R$ 2,5 milhões em recursos próprios do município.

As novas unidades para a Educação Infantil serão construídas nas comunidades Jardim Laranjeiras, no José Américo; Nova República, no João Paulo II; Santa Clara, no Castelo Branco; e ainda Sonho Meu e Santa Bárbara, no bairro do Valentina Figueiredo. Nos últimos cinco anos, o governo municipal construiu dez novos Creis, com investimentos de R$ 4,5 milhões.

Durante a solenidade, realizada no auditório do Paço Municipal, Luciano Agra ressaltou que esta é mais uma ação entre as 37 previstas para esse mês de aniversário da capital. Desta vez, mais uma iniciativa que dá continuidade aos investimentos em educação que vêm sendo aplicados pelo município nos últimos cinco anos.

“Desde o início da nossa gestão, assumimos um compromisso com a educação. E esses investimentos já estão trazendo grandes resultados. Queremos mais; queremos oferecer uma educação de qualidade já a partir do início da entrada dessas crianças em sala de aula, através da Educação Infantil. Entramos em uma segunda fase de construção de novos Creis, com um projeto que busca melhorar a qualidade dos serviços e, com isso, da educação que oferecemos nessas unidades”, destacou o prefeito.

Educação e lazer – Os cinco Creis que serão construídos pela PMJP terão capacidade para atender a 120 crianças cada um, que, por um período de 10 horas por dia, terão acesso a atividades pedagógicas, aulas de artes, música, educação física, recreio, e ainda cinco refeições diárias.

Para isso, o projeto de cada unidade prevê a criação de quatro salas de aula, brinquedoteca, área coberta e outra não coberta para os momentos de recreio, além de sala para almoxarifado, secretaria e cozinha. Os Creis também irão contar, cada um, com uma equipe formada por professoras e monitoras, técnicos em pedagogia, além de diretora, cozinheira, auxiliares de cozinha e de limpeza.

Reivindicação atendida – A solenidade de assinatura da ordem de serviço também contou com a participação do secretário de Infra-Estrutura do Município (Seinfra), João Azevedo; da secretária titular e do secretário adjunto de Educação e Cultura do Município (Sedec), Ariane Sá e Rômulo Gondim; delegados do Orçamento Democrático, empresários e moradores das comunidades beneficiadas.

“Nossos Creis diferem dos modelos das antigas creches, porque além de contarem com toda uma estrutura adequada para receber as crianças, possuem uma equipe de profissionais prontos para desenvolver todo um trabalho pedagógico e lúdico em sala de aula”, ressaltou a secretária Ariane Sá, lembrando que a construção dos Centros atende a uma reivindicação das comunidades, realizada através do Orçamento Democrático.