Capital vai sediar fórum de secretários de Trânsito

Por - em 34

João Pessoa vai sediar nos dias 12 e 13 de junho o Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes de Transporte Urbano e Trânsito. Durante dois dias os responsáveis pela gestão de transporte urbano e trânsito terão a oportunidade de estabelecer um canal permanente para discutir temas importantes e trocar de experiências bem sucedidas nessas áreas em suas cidades. O evento acontecerá no Hotel Caiçara, da Rede Best Western, localizado na Avenida Olinda, em Tambaú.

A solenidade de abertura está prevista para as 9h e contará com a presença do prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB); do superintendente de transporte e trânsito da cidade, Deusdete Queiroga; do presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes de Transporte Urbano e Trânsito, Oswaldo Lima Neto; do representante da Frente Parlamentar de Transporte Público, deputado federal Carlos Zaratini, e de diversos convidados, além do superintendente da ANTP, Marcos Pimentel Bicalho.

Criado em junho de 1990, de início, as discussões do fórum estavam mais centradas nas questões tarifárias. No entanto, com o fim do processo inflacionário, houve a oportunidade de agregar temas como legislação, financiamento para estudos e projetos. Políticas federais para o setor, plano diretor e zoneamento e programas de redução de acidentes de trânsito passaram a ocupar as pautas principais das reuniões.

Melhorias – O Fórum Nacional congrega cerca de 100 municípios. As reuniões ocorrem a cada quatro meses, normalmente em capitais diferentes. Já foram realizados 65 encontros. O superintendente de transporte e trânsito de João Pessoa, Deusdete Queiroga, já participou de duas reuniões: uma em Campinas (SP) e a última em Recife (PE).

Deusdete Queiroga ressaltou a importância de a Capital paraibana sediar a 66ª Reunião do Fórum de Secretários no momento em que a Prefeitura de João Pessoa vai implantar a integração temporal no sistema de transporte urbano, proporcionando aos usuários de ônibus mais flexibilidade, rapidez e conforto nos deslocamentos.

Segundo ele, nesses encontros os dirigentes têm a oportunidade de discutir o acesso da população ao transporte público de qualidade e preços de tarifas mais justos, além de debater problemas enfrentados hoje em todas as cidades brasileiras como congestionamentos, acidentes de trânsito, aumento da frota de automóveis e de motos, entre outros. “Temos que buscar alternativas para melhorar as áreas de transporte e trânsito prestando um serviço mais humanizado, considerando a qualidade de vida como o objetivo maior de todo esforço empreendido, tendo como compromisso a segurança das pessoas”, enfatizou o superintendente.