Casa abandonada é demolida durante ação preventiva no Roger

Por - em 28

A Defesa Civil e Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) derrubaram nesta segunda-feira (9) uma casa abandonada, localizada na Rua Juiz Gama e Melo, no Birro do Roger. A ação foi realizada porque parte o imóvel caiu durante a madrugada e a estrutura restante estava colocando em risco a segurança das pessoas que precisam passar pelo local e ainda poderia atingir as casas vizinhas.

O trabalho de derrubada do imóvel foi realizado por 18 agentes de limpeza da Emlur e ainda contou com a ajuda de maquinários e caçambas para recolher os escombros. O diretor de Remoção de Resíduos Sólidos da Emlur, Noé Estrela, informou que o trabalho de demolição e retirada dos resíduos do imóvel é feito com muito cuidado, uma vez que a casa fica localizada em uma área movimentada. O técnico disse ainda que o recolhimento do material deverá ser concluído até esta terça-feira (10).

O assessor técnico da Defesa Civil, Lutgard Padilha, contou que o imóvel estava abandonado há alguns anos e parte dele acabou caindo durante a madrugada desta segunda-feira. De acordo com ele, ninguém foi atingido pela estrutura, mas como parte das ruídas ainda colocava em risco a segurança dos moradores da localidade e das pessoas que passam pela rua, a estrutura foi isolada e demolida.

O engenheiro da Defesa Civil, Marcos Tadeu, explicou que o imóvel era antigo e tinha problemas de infiltração, devido a falhas de construção. Segundo contou, a estrutura não dispunha de drenos (barbacãs) e, como era composta também por material argiloso e orgânico, a água acabou infiltrando, comprometendo assim o muro e paredes.

Lutigard Padilha orientou a população a ligar para a Defesa Civil, através do telefone 0800-285-9020, em caso de imóveis que estejam colocando em risco a segurança das pessoas, para que a área seja avaliada e interditada. Quando houver desmoronamento com vítimas soterradas, o contato deve ser feito com o Corpo de Bombeiros (193) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu-JP), pelo número 192.