Casa da Acolhida realiza Ceia de Natal para moradores de rua

Por - em 33

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) realiza nesta terça-feira (22), a partir das 18h30, na Casa de Acolhida para Adultos, localizada na avenida Almeida Barreto, 273, a ‘Ceia Natalina’ destinada aos moradores de rua da Capital. Este é o quarto ano consecutivo do evento que deve reunir cerca de 200 pessoas entre crianças, adolescentes e adultos.

Segundo a diretora de Assistência Social da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), Francisca Fernandes Vieira, a inclusão social é uma das maiores preocupações da atual administração municipal. “A ceia é apenas uma das muitas ações realizadas por esta gestão no sentido de garantir a estas pessoas que, mesmo morando na rua, são sujeitos de direitos. Além do alimento, a iniciativa possibilita ao mesmo tempo o contato coletivo e uma confraternização num momento simbólico para a humanidade”, explicou a diretora.

Além da Ceia Natalina está prevista a celebração de uma missa em Ação de Graças com o padre Waldemir Santana, além de apresentações de Chico Ribeiro e da banda Os Cabras do Mateus. Haverá também a distribuição de panetones entre os convidados.

A unidade – A Casa de Acolhida para Adultos foi criada pelo Governo Municipal em março de 2007 e atende diariamente cerca de 20 moradores de rua com direito a higienização, refeição e comida. Outras 150 pessoas em situação de vulnerabilidade social como flanelinhas, moradores de prédios invadidos, e que não tem nenhum tipo de renda, fazem refeição na Casa.

Inserida no Programa de Retaguarda e Acolhida da Sedes, a unidade também integra a Política de Segurança Alimentar e Nutricional implementada pela Prefeitura de João Pessoa, através de iniciativas como o Banco de Alimentos, Restaurante Popular, Cozinhas Comunitárias, Cinturão Verde, Unidades de Produção de Alimentos, além dos grupos e cooperativas de produtos alimentares.

A Casa de Acolhida abre as portas por volta das 16h, quando começam a chegar os primeiros usuários do serviço e às 19h é servida a refeição, tanto para os acolhidos como para os que só se alimentam na unidade. A Casa fecha por volta das 21h30 para a pernoite dos usuários cadastrados.