Casas construídas pelo PSH são entregues no Róger

Por - em 43

“Só quem sabe o valor dessas casas é quem já passou uma noite de chuva numa casa de taipa, com o risco de cair”. Com essa declaração o prefeito Ricardo Coutinho fez a entrega simbólica das 33 casas às famílias carentes do bairro do Róger, na tarde desta quarta-feira (11) em João Pessoa. As moradias foram construídas através do Programa de Subsídio à Habitação (PSH), numa parceria entre a Prefeitura e o Governo Federal

Ricardo Coutinho lembrou que as moradias,que antes eram de taipa, seguem o conceito de habitabilidade. As casas foram construídas em alvenaria e tem área total de 37,2 metros quadrados distribuídos em sala, cozinha, banheiro e dois quartos. “São moradias de qualidade, dentro de nossa política habitacional que hoje é referência para o país. O próprio presidente Lula usou nosso conceito como exemplo. Estas moradias concretizam um sonho e não são mais do que uma obrigação de governo, trabalhadas em conjunto com a educação e a saúde”, explicou.

Uma das beneficiada pelo Programa de Subsídio à Habitação (PSH) foi a dona-de-casa Lúcia Herculano da Silva. Na solenidade desta quarta-feira, ela expressou em lágrimas a felicidade e contou em poucas palavras o que sentia: “Dormia no chão, num único vão com quatro filhos, rezando para que nada de mal nos acontecesse. Hoje tenho uma casa”, disse emocionada. Quem também lembrou os momentos de tensão pelo qual passou, foi Luzia Petronila. “A chuva entrava, inundava minha casa que ficou com uma rachadura enorme. Eu dormia, sem saber se poderia acordar viva. Em 2008, me cadastrei e hoje, já recebo minha casa, comentou ela, antecipando o que seria um dos dias mais felizes de sua vida, próximo de completar 70 anos.

Novas casas – Com a entrega das moradias do Róger nesta quarta-feira, a Prefeitura de João Pessoa totaliza 2.270 casas construídas na Capital paraibana através do programa do Governo Federal que tem parceria com a atual administração da Capital. Segundo a secretária da Habitação (Semhab), Emília Correia Lima, até dezembro deste ano serão entregues outras cinco mil casas, totalizando investimentos que ultrapassaram os R$ 70 milhões.
Emília Correia Lima informou que a Prefeitura emprega cerca de R$ 5 mil para construção de cada unidade habitacional. “Outros R$ 8 mil são do Governo Federal. Mas a prefeitura ainda investe em escolas, praças e na saúde. Por isso, afirmamos que o investimento da prefeitura ultrapassa os R$ 70 milhões”, explica.

Mais de 40 bairros de João Pessoa foram beneficiados pelo PSH. O Governo Municipal tem conseguido erradicar as casas de taipa ainda existentes na Capital. Os últimos beneficiados por este programa foram os moradores de Engenho Velho e Gramame, localizados na zona rural de João Pessoa. O Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social (PSH) objetiva oferecer acesso à moradia adequada a cidadãos de baixa renda por intermédio da concessão.