CCSV faz 1 ano oferecendo segurança para comerciantes

Por - em 48

Os comerciantes do Centro de Comércio e Serviços do Varadouro (CCSV) comemoraram nesta terça-feira (23) o aniversário de um ano do shopping popular. A Prefeitura Municipal de João Pessoa organizou um evento comemorativo e ofereceu as linhas de crédito do programa Empreender-JP. O secretário de Desenvolvimento Sustentável da Produção, Raimundo Nunes, parabenizou os comerciantes do CCSV, afirmando que eles não são mais ambulantes, mas microempresários.

Ele colocou à disposição dos 436 comerciantes instalados no shopping o programa Empreender-JP, que oferece linhas de crédito. Desde 2005, quando foi criado, o programa já investiu na economia local aproximadamente R$ 24 milhões, por meio de 10 mil contratos.

“Alguns dos comerciantes daqui já estão inscritos no programa e nossa expectativa é que este número cresça, que eles nos procurem em busca de orientação para que possam se capacitar e investir nos seus negócios”, diz o secretário. Ele afirma que o pleno sucesso de um shopping popular é um processo lento e que depende também dos esforços de quem está instalado. “Esta política empreendedora não depende apenas da prefeitura. É um trabalho em conjunto em que os comerciantes devem procurar aumentar suas vendas”, continua ele.

Trabalho seguro – Há 23 anos na atividade comercial, Vera Lúcia diz que os dias de trabalho na rua se foram. Ela conseguiu cativar uma clientela fiel e melhorou a qualidade de sua mercadoria. “Aqui no shopping estamos seguros e organizados. Só tenho a comemorar porque as minhas vendas cresceram mais de 50% em comparação com a época em que eu trabalhava na Avenida Guedes Pereira”, diz a comerciante que vende bolsas.

Para Maria dos Remédios conseguiu montar uma pequena loja de confecção de fardamentos. “Antigamente eu vendia na rua e produzia as peças em casa. Hoje eu posso fazer tudo aqui no meu box e atender melhor meus clientes”. Já Geralda Silva destaca a organização no box e a diversidade de mercadorias que consegue vender estando em um ponto fixo.

O secretário de Desenvolvimento Urbano, Lucius Fabiani, afirmou que a PMJP vai continuar apoiando os comerciantes. “Nós estamos apenas no começo. Os comerciantes ainda estão se estabilizando e em pouco tempo eles vão crescer aos níveis do shopping Terceirão e do 4.400. Aqui eles não estão expostos ao Sol ou à poeira e chuvas”, frisa Lucius Fabiani.

Ele anunciou que, assim como ocorreu no ano passado, a PMJP vai divulgar o shopping com a realização de promoções em datas específicas do comércio, como o São João, o Dia das crianças e o Natal, com sorteio de prêmios.

Após um ano de inauguração do shopping, a universitária Zilda Virgínia diz que já se habituou a entrar no empreendimento para comprar artigos escolares, como cadernos, canetas, estojos ou bolsas. Já a dona de casa Nilda Nascimento costuma adquirir bijuterias e confecções. “Se eu preciso comprar algo vá venho certa de que vou encontrar aqui”. A tranqüilidade e a segurança são vantagens apontadas pelas duas com a criação do CCSV.

O empreendimento – A PMJP investiu R$ 2.277.731,71 na construção do CCSV que, segundo Lucius Fabiani, é o mais moderno entre os shoppings populares do Nordeste. De acordo com ele, a prefeitura, além de retirar os ambulantes das calçadas, que era uma obrigação judicial, construiu o shopping para melhorar as condições dos comerciantes.

Com uma área total de 5.563 m², os boxes estão distribuídos em dois pavimentos, sendo 368 no térreo e 242 no primeiro andar. O CCSV tem espaço para uma casa lotérica, lanchonetes, banheiros e dispõe de praça de alimentação com 40 boxes, além de um salão de beleza e uma Estação Digital para comerciantes e clientes acessarem a Internet. O prédio está localizado na Rua Maciel Pinheiro, 548, nas imediações do Terminal Rodoviário e do Terminal de Integração.