Celebrações marcam o início da Festa da Penha, nesta quarta

Por - em 35

Há 245 anos é realizada a Festa de Nossa Penha. O evento, já tradicional nos festejos religiosos da Capital, começa nesta quarta-feira (26) com celebrações no Santuário da Penha, localizado na praia de nome homônimo. O encerramento será sábado (29), com a tradicional romaria que parte da Igreja de Lourdes, no Centro, até a Igreja da Penha.

Este ano, a Prefeitura de João Pessoa (PMJP) fez melhorias de infra-estrutura do evento, como na iluminação e limpeza dos quase 14 quilômetros do percurso. O objetivo dessas ações busca o conforto e segurança dos fiéis, cujo tempo do trajeto dura aproximadamente sete horas. Para animar a programação profana, a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) promoverá shows com as bandas Tentáculos, Megashow e Forrozão Arreios de Prata, no Largo da Penha, na quinta e sexta-feira.

Limpeza – Desde a semana passada, 80 agentes da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) estão preparando todo o percurso, com serviços de varrição, roço, capinação, coleta e pintura de meio-fio. Além das ruas e avenidas, a Emlur está tendo um cuidado especial com o entorno do santuário. O trabalho dos agentes se estenderá até o dia da romaria. Alguns servidores acompanharão o cortejo e outros ficarão em pontos estratégicos, fazendo a coleta dos resíduos.

Já a Secretaria de Infra-Estrutura (Seinfra) está trabalhando na melhoria viária, com a recuperação do asfalto e a implantação da iluminação pública ornamental das avenidas Pedro II, Sérgio Guerra (Bancários) e Hilton Souto Maior (Mangabeira). Quase todo o percurso da romaria foi recapeado e iluminado, nos últimos meses. Além disso, houve serviços de manutenção, como tapa-buracos, desobstrução e recuperação de galerias e reposição de tampas de bocas-de-lobo. Todo o percurso será monitorado por técnicos da Prefeitura até a véspera da procissão, para sanar eventuais problemas.

Vistoria no trajeto – A partir desta quarta-feira (26), a Seinfra fará uma vistoria em todo o trajeto, a fim de executar possíveis reparos nos trechos onde houver iluminação ornamental danificada. Já foram instalados dois refletores na Vila dos Pescadores, que ficarão no local em definitivo. Durante o evento, ainda serão postos mais dois refletores e outro próximo à delegacia de polícia, que permanecerão até o fim da festa.

Rligiosa e profana – Este ano, a festa religiosa começa na quarta-feira, com o chamado ‘tríduo’. São três dias de celebrações sempre às 19h. Na primeira noite, o tema será ‘Palavra que cria’, em seguida virá a ‘Palavra que liberta’ e, por último, a ‘Palavra que santifica’. No sábado, acontece a romaria que sai da Igreja de Lourdes, na Avenida João Machado, Centro, percorrendo quase 14 quilômetros até o Santuário de Nossa Senhora da Penha, passando pelas avenidas Pedro II, Sérgio Guerra (Bancários), Hilton Souto Maior (Mangabeira) até o bairro da Penha.

Ao final da romaria, no Largo da Penha, haverá uma missa campal, celebrada pelo arcebispo da Paraíba, dom Aldo Pagotto. Nesta terça-feira (25), às 20h, será lançado o documentário Festa da Penha, com shows do padre Rui Braga e Banda, além da apresentação de Sandro Santos. As atividades acontecerão no Largo da localidade.

Já a programação profana, organizada pela Funjope, acontecerá na quinta-feira, com show da Banda Tentáculos, às 21h. No dia seguinte, haverá apresentação do Forrozão Arreios de Prata e da Banda Megashow, também a partir das 21h. Os shows acontecerão no palco montado no Largo da Penha.