Centro Comercial de Passagem recebe reforma para atender melhor comerciantes e clientes

Por - em 298

O Centro Comercial de Passagem (CCP), localizado no Parque Sólon de Lucena, vai ganhar cara nova. Foi assinada nesta segunda-feira (11) a autorização para abertura da licitação para a reforma do espaço, que hoje abriga 237 ambulantes cadastrados pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb). Além da mudança na estrutura, o local também ganhou um novo nome e agora vai se chamar Galeria Comercial de Passagem (GCP).

“Com a reforma o CCP vai ganhar característica de galeria e a mudança no nome vai valorizar ainda mais a reforma”, disse a secretária adjunta de Desenvolvimento Urbano, Maristela Viana de Oliveira.

Criado pela Secretaria de Planejamento (Seplan), o projeto de reforma do CCP vai dispor de 3.314 metros quadrados. Composto por três pavimentos, no térreo, serão 153 boxes; no primeiro pavimento, 117 boxes mais um Centro de Inclusão Digital com 16 computadores, e no segundo pavimento, os usuários terão uma praça de alimentação com 28 boxes destinados a lanchonetes e pequenos restaurantes. Serão investidos R$ 4.177.265,39.

Melhor estrutura – Segundo Márcia Barreiros, coordenadora de projetos especiais da Seplan, o espaço cresceu de forma desordenada e a proposta da prefeitura é reorganizar os ambulantes, proporcionando um ambiente de melhor acesso e também ampliar o número de boxes para oferecer aos comerciantes. “Hoje o local tem 237 ambulantes em apenas um pavimento. Com a reforma, serão 298 boxes distribuídos em três pavimentos bem estruturados”, afirmou.

O projeto ainda prevê baterias de banheiros em todos os pavimentos, com equipamentos para portadores de necessidades especiais, rampa de acesso e escadaria. Um jardim interno e bancos em alvenaria vão garantir mais beleza e comodidade aos usuários.

Márcia lembrou que a reforma vai proporcionar um ambiente mais humanizado para comerciantes e usuários. “O espaço oferecerá mais condições dignas de trabalho com uma maior organização dos boxes e acessibilidade, além se ser todo circundado de jardins, proporcionando melhor visualização e um ambiente mais agradável para as pessoas que circulam no local”, disse.

Histórico – O CCP foi inaugurado em 2006 com o objetivo de abrigar os comerciantes informais que ocupavam calçadas e passeios públicos nas proximidades da Lagoa do Parque Sólon de Lucena. O espaço foi pensado em caráter provisório, tanto que a denominação dada era ‘de passagem’, indicando que a solução definitiva viria mais tarde.