Centro de Reabilitação amplia atendimento para servidores

Por - em 30

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) e a União dos Servidores do Município (USM) assinam , nesta quinta-feira (07), um de termo de parceria para ampliar o atendimento aos pacientes do Centro de Reabilitação para Dependentes Químicos. A solenidade será na atual sede do Centro, que fica na rua Engenheiro Clodoaldo Gouveia, 67, Centro, a partir da 10 horas.

O termo de parceria permite que durante dez anos a sede da USM, localizada no bairro do Bessa, seja cedida em regime de comodato para que prefeitura realize os trabalhos de atendimento no Centro de Reabilitação. Dados da Secretaria de Administração (Sead) mostram que atualmente o Centro atende 17 pessoas e não tem mais estrutura para ampliar esse serviço.

Segundo a diretora de Recursos Humanos da Sead, Lilian Rocha Coelho, uma pesquisa informal revelou que mais de 100 servidores e dependentes necessitam dos serviços do Centro de Reabilitação. “Com essa parceria vamos ter muito mais condições de oferecer estrutura para nossos servidores”, disse ela.

O Centro de Reabilitação de Dependentes Químicos foi fundado tomando como exemplo uma experiência observada em um município do Paraná. O setor é vinculado à Secretaria de Administração e tem como missão recuperar os servidores dependentes químicos da Prefeitura de João Pessoa, através de um processo psicossocial, educação formal, oficinas de arte e acompanhamento familiar.

Antes da administração do prefeito Ricardo Coutinho, o Centro funcionava sem ordenação formal, mas depois se tornou oficial através de Projeto de Lei. Atualmente seis técnicos e três funcionários que trabalham nos serviços gerais e cozinha atuam no centro. Segundo o secretário de Administração, Gilberto Carneiro, o objetivo maior de todo esse trabalho é devolver ao servidor dependente químico a auto-estima, resgatando valores e reitegrando-o ao ambiente familiar e profissional.