Centro de Referência da Mulher comemora aniversário com dia de lazer

Por - em 52

Um dia de lazer para as usuárias do ‘Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra’ marcou o aniversário de 4 anos da instituição, que é administrada pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP) através da Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres. O Sesc Gravatá, localizado no bairro do Valentina Figueiredo, foi o local escolhido para a realização de várias atividades recreativas nesta quarta-feira (14).

A atividade específica em comemoração ao aniversário teve o objetivo de estimular nas mulheres o desejo da mudança de vida. A Secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Nézia Gomes, falou que muitas dessas mulheres ainda vivem dentro do ciclo da violência e que a existência de um serviço que as acolhem e se preocupa com a felicidade de cada uma é de suma importância para a recuperação da dignidade e do respeito. “A luta contra a violência é diária e muitas mulheres confiam no serviço buscando ajuda com a esperança de uma superação. É muito bom saber que essas mulheres estão felizes pelo serviço oferecido pela Prefeitura e pelo resultado que vem sendo proporcionado”, afirmou Nézia Gomes.

Atividades – As usuárias passaram o dia participando de atividades relaxantes, como danças circulares, banhos de piscinas, biodança e futebol. “Estou muito feliz pelo dia de hoje e por tudo que o Centro de Referência vem nos proporcionando. Este serviço é de grande importância para todas nós, pois é através dele que percebemos o caminho de uma vida mais feliz”, disse a usuária Raphaella Carvalho.

Sandra Maria, que também é acompanhada pelo Centro, disse estar muito feliz pelo resultado de suas terapias. “Somos todas mulheres guerreiras. O Centro é meu apoio, minha companhia. Estou muito feliz por ter conseguido virar o jogo da vida e hoje me considerar uma mulher liberta do sofrimento”, revelou.

Serviço – O Centro de Referência da Mulher foi inaugurado em 2007 e recebeu o nome da feminista paraibana Ednalva Bezerra pelo reconhecimento da luta que ela traçava em busca de igualdades para mulheres e homens. Ednalva Bezerra faleceu dois dias antes da inauguração do serviço.

Funcionando de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, o Centro disponibiliza atendimento gratuito e conta com uma equipe multiprofissional composta por advogada, psicólogas, assistentes sociais e arte-educadoras. O serviço está situado na Rua Afonso Campos, n° 191- Centro, e também atende pelo telefone 0800 283 38 83.