Centro Histórico recebe grande público e se consolida como polo do Carnaval de Boa de João Pessoa

Por Arthur Araújo - em 301

O Centro Histórico de João Pessoa foi povoado por orquestras e foliões neste Carnaval. O local se consolidou como um dos principais palcos da folia de momo na Capital, recebendo blocos que, em seu primeiro desfile, já arrastaram milhares de pessoas. A festa, que movimentou a economia na região, foi apoiada com grande estrutura mobilizada pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), e vem para se juntar ao Carnaval Tradição e ao Folia de Rua, como parte do Carnaval de Boa, reforçando o potencial da Capital como cidade criativa reconhecida pela Unesco.

“João Pessoa agradou tanto quem veio descansar, mantendo essa tradição, quanto os que escolheram a festa popular. O que se viu foi espontaneidade e tranquilidade presentes em todos os lugares. Ainda vamos ver mais crescimento deste evento gigante, que ficou ainda melhor. Fizemos uma visita à História e assim nasceu o carnaval do futuro”, escreveu o prefeito Luciano Cartaxo por meio das suas redes sociais.

A folia na Capital teve espaço para todos os gostos. Entre sábado (22) e segunda (24), as agremiações do Carnaval Tradição tomaram a Avenida Duarte da Silveira trazendo música, brilho, cor, alegria e cultura. Aos olhos de uma multidão aglomerada nas arquibancadas, as tribos indígenas, orquestras de frevo, escolas de samba e grupos de ala ursa fizeram a festa e encantaram crianças e adultos.

Durante o dia, no entanto, o passo foi outro. No sábado, a criançada lotou o Parque da Lagoa com o Bloquinho da Arte. O “E tome ladeira” lotou a Avenida General Osório no domingo e o “Bota pra descer” levou os foliões à Casa da Pólvora. Na terça, o fim dos festejos ficou a cargo do “Cada um com seu caneco”, que saiu da Praça Antenor Navarro em direção à Praça Napoleão Laureano, recentemente reformada pela PMJP como parte do grande projeto Parque Sanhauá.