Centro Vocacional oferecerá cursos na área de confecções

Por - em 46

O primeiro Centro Vocacional Tecnológico (CVT), voltado para o setor de confecções da cidade de João Pessoa, foi inaugurado na manhã desta segunda-feira (21) pelo prefeito da Capital, Ricardo Coutinho (PSB). No prédio situado na Praça Álvaro Machado, s/n, Varadouro (antiga sede da STTRans), as pessoas serão capacitadas na área de confecções de roupas, com técnicas que iniciam na criação (design), passando pela produção (corte e costura), até chegar na embalagem do produto (comercialização). Secretários municipais, como o da Ciência e Tecnologia (Secitec), Simão de Almeida, vereadores, deputados estaduais e população em geral prestigiaram o descerramento da placa inaugural.

De acordo com informações da Secitec, as inscrições serão abertas no período escolar (início de fevereiro) para aqueles pequenos empresários do Empreender-JP da área de confecção, como também para a população. Alguns órgãos desse setor, como o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet), dentre outros, estão se articulando junto à Prefeitura da Capital (PMJP) para priorizar os cursos de maior demanda da população e do mercado: os mais requisitados são de design e corte e costura.

Qualificação – Ricardo Coutinho ressaltou que o Governo Municipal tem priorizado a implementação de políticas públicas voltadas para a Ciência e Tecnologia. “Um país desenvolvido tem que passar por essa área e a população deve ter acesso principalmente a tecnologia, que está tão presente no nosso dia a dia”, enfatizou. Para ele, a qualificação da mão-de-obra na área de confecção constitui um dos fatores mais importantes do CVT, pois dá condições para fechar o elo da auto-sustentabilidade.

“Sempre soubemos que essa cidade tinha espaço para implementar políticas públicas que popularizassem a ciência e a tecnologia. Já inauguramos alguns equipamentos para essa difusão, como as Estações Digitais e esse CVT – que é apenas o primeiro, pois temos a pretensão de inaugurar outros no setor de gastronomia e artesanato, como também um dos maiores empreendimentos nessa área, que é a Estação Ciência Cultura e Arte, que provavelmente no meio do ano estaremos entregando à cidade”, disse o prefeito.

Outro ponto importante, na visão do prefeito, está na área onde vai funcionar esse CVT: o Centro Histórico. Ele lembrou que várias intervenções vêm sendo feitas para a revitalização dessa parte da Capital, no intuito de repovoar a região e preservá-la, pois recentemente recebeu o título de Patrimônio Histórico Nacional. Além disso, a PMJP quer gerar centros de comércios para o desenvolvimento sustentável.

Já o secretário Simão de Almeida enfatizou o trabalho em conjunto realizado pelas secretarias municipais, órgão parceiros, e todos os trabalhadores que ficaram madrugada adentro e final de semana para concluir a obra. “Esse prédio estava em ruínas e conseguimos recuperar por causa do esforço de cada pessoa e órgão que aqui trabalhou. Esse grande equipamento para a difusão da ciência e tecnologia é apenas um embrião, com a qualificação de mão de obra, que pretende se transformar num grande centro de moda”, explicou.

CVT Confecções – O prédio do Centro Vocacional Tecnológico de Confecções foi construído com recursos dos governos Municipal e Federal, através do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). A obra inicial foi orçada em aproximadamente R$ 546.385,56, sendo R$ 54.638,56 provenientes de recursos próprios da PMJP e R$ 491.747,00 do MCT.

Recuperação total – O prédio, onde já funcionou a antiga sede da STTrans, estava em ruínas e foi totalmente reestruturado. Hoje, o CVT funciona num local amplo e aberto para maior ventilação, numa área central do município de João Pessoa próximo ao Terminal de Integração do Varadouro. De acordo com uma das instrutoras do Senai e que também participará do CVT, Cosma Soares, o equipamento já está pronto para funcionar, pois já dispõe de várias máquinas industriais para a costura de roupas, como galoneira, overloque, interloque, caseadeira de jeans, máquina de braço para o fechamento de calças jeans e máquina de costura reta. Em relação ao corte de tecido, a instrutora listou outros equipamentos fundamentais já disponíveis no CVT, como tesoura elétrica (faca) e para fazer a colagem de infesto (frisos na calça).