Centros da Cidadania vão oferecer programa de microcrédito

Por - em 41

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) e a Caixa Econômica Federal (CEF) oficializaram nesta quarta (28) o convênio que irá garantir a expansão do Programa Nacional de Microcrédito Crescer em João Pessoa. O programa, criado pelo Governo Federal, é destinado à população de risco econômico, empreendedores formais ou informais com faturamento anual de até R$ 120 mil. A assinatura do convênio foi firmada pelo prefeito Luciano Agra e o superintendente da CEF na Paraíba, Elan Miranda, durante solenidade no gabinete do Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria.

Com a parceria, a CEF poderá realizar o atendimento aos interessados nos Centros de Referência da Cidadania dos bairros de Mangabeira e Cruz das Armas. Nos CRC’s, a intenção da PMJP é que os indivíduos atendidos pelos programas sociais do Governo e que têm acesso as ações de capacitação e qualificação profissional possam se tornar um público alvo do Crescer.

O prefeito Luciano Agra enfatizou a importância dessa nova parceria com a CEF que possibilita beneficiar a população de João Pessoa no acesso facilitado a mais uma opção de linha de microcrédito. “O Programa Crescer vem somar a outros projetos que a própria Prefeitura de João Pessoa dispõe hoje para esse público alvo, a exemplo do Empreender Solidário, também direcionado a grupos identificados em situação de risco social e econômico.

Com a cessão de espaços nos CRC’s em dois bairros da cidade, queremos contribuir para que os nossos usuários identificados nos programas sociais possam ter um acesso mais rápido a informações sobre os critérios e funcionamento do programa”, ressaltou o prefeito.

O programa – O superintendente da CEF/PB, Elan Miranda, explica que o programa já está funcionando nas agências da CEF, do Banco do Brasil e Banco do Nordeste. Podem ter acesso pessoas físicas ou jurídicas com faturamento de até R$ 120 mil por ano e residentes em qualquer parte da cidade. Os empréstimos podem ter valores de R$ 300 a R$ 15 mil reais, com pagamento de juros de 0,64% ao mês, taxa de abertura de 1% e com prazo de quitação de 4 a 24 meses.

“Esperamos com o programa estar contribuindo para a redução da miséria no País e melhoria de renda para as pessoas que estão em risco social e econômico. Essa parceria com a Prefeitura irá nos permitir utilizar os espaços cedidos pelo Município para que possamos orientar melhor as pessoas que busquem a solicitação de créditos”, ressaltou Elan Miranda.

A expectativa é que o atendimento nos CRC’s possa começar a ser realizado já a partir do próximo mês de janeiro. Para ter acesso ao Crescer, o interessado deverá apresentar documento de identificação com foto; CPF regular; comprovante de residência; avalista (s); CPF do conjugue ou acompanhante. Ao avalista, além da documentação acima, será necessário apresentar comprovante de renda.