Cetre inscreve servidores para cursos em agosto e setembro

Por - em 92

Os servidores da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) ainda têm 10 dias para se inscreverem para os cursos de qualificação profissional oferecidos pelo Centro de Treinamento Miguel Arraes (Cetre), por meio da Secretaria de Administração (Sead). Os cursos contribuem para a melhoria dos desempenhos no trabalho e permitem o desenvolvimento de novas habilidades para o crescimento profissional. A estimativa é de que sejam qualificados em agosto e setembro mais 150 servidores municipais.

A programação do mês de agosto e setembro inclui os cursos de Direito Administrativo, Direito Constitucional, Eficácia no Relacionamento Interpessoal, Desenvolvimento de Equipes, Gestão de Pessoas e Ética no Serviço Público. As aulas terão início no dia 6 de agosto. Os cursos do Cetre são disponibilizados de acordo com o calendário de aulas, nos três turnos.

A programação completa e as fichas de inscrição estão disponíveis na página da Sead no site da PMJP (www.joaopessoa.pb.gov.br). Para se matricular, o servidor deve preencher a ficha de inscrição disponível no portal da PMJP e se dirigir ao Cetre, localizado na Avenida Piauí, 330, no Bairro dos Estados, com a assinatura do chefe imediato, que o liberará das atividades laborais no período e horário do curso.

“É importante que os servidores aproveitem a oportunidade que a prefeitura oferece para se qualificarem. Estamos sempre em busca de novos cursos para atender à demanda dos servidores, para que todos possam melhorar profissionalmente e os cursos oferecidos no mês de agosto têm este sentido, já que, além dos cursos voltados para a área de direito, também temos cursos sobre os relacionamentos interpessoais, sobre a gestão de equipes e ética, cursos muito importantes na atualidade e que contribuem com o trabalho diário de todos”, afirmou a coordenadora do Cetre, Alice Soares.

Cursos:

Direito Administrativo – Permite a atualização de conhecimentos relativos ao funcionamento da máquina administrativa brasileira. Voltado para servidores públicos que atuem com a fiscalização de processos administrativo-tributários; demais servidores interessados no tema. Carga horária: 60 horas

Direito Constitucional – Permite a atualização de conhecimentos relativos ao conteúdo e interpretação jurisprudencial dos principais tópicos da CF/88. Voltado para servidores públicos que atuam com a fiscalização e/ou julgamento de processos administrativo-tributários; demais servidores interessados no tema. Carga horária: 60 horas

Eficácia no Relacionamento Interpessoal – Desenvolve habilidades interpessoais voltadas para o aumento dos resultados e mudanças na qualidade das relações entre pessoas e grupos de trabalho. Voltado para servidores da Serem, e demais servidores interessados no tema. Carga horária: 30 horas

Desenvolvimento de Equipes – Conhecer os diversos aspectos teóricos que envolvem o desenvolvimento da equipe; sensibilizar para a importância do relacionamento com a equipe de trabalho tendo como base a confiança, a delegação de responsabilidade e o compartilhamento das funções de liderança; planejar o desenvolvimento da equipe, definindo ações de sustentação e manutenção. Voltado para secretários, chefes de gabinete, diretores, coordenadores de equipes, servidores com responsabilidade sobre gestão de pessoas e que desempenham atividades de liderança. Carga horária: 30 horas

Gestão de Pessoas – Proporcionar ao participante uma visão sistemática do processo geral de RH e gestão de pessoas com fixação de metas e capacitar servidores a atuar na administração dos recursos humanos, de forma a contribuir efetivamente para o bom desempenho da função pública. Voltado para servidores que atuam na administração de recursos humanos; demais servidores interessados no tema. Carga horária: 30 horas.

Ética no Serviço Público – Descrever conceitos básicos da ética e o significado da dimensão moral ou ética da existência; indicar as relações entre ética e instituições políticas; identificar termos-chave da moralidade pública; definir ideal de conduta adequada ao serviço público, que combine excelência e retidão; observar iniciativas governamentais que introduzam noções de ética na gestão pública; identificar vantagens de criar e observar instrumentos de orientação da conduta na Administração Municipal. Voltado para servidores da Serem; demais servidores interessados no tema. Carga horária: 30 horas.