Ciclovia traz benefícios para moradores e comerciantes

Por - em 31

A obra da ciclovia que vai interligar os bairros Altiplano, Cabo Branco e Tambaú está em execução e o trecho concluído está beneficiando várias pessoas que diariamente passam pelo local. Um exemplo é o comerciante Doildo Soares, que usa o equipamento, no Altiplano, para levar até a feira do bairro a macaxeira que cultiva em Gramame. Para ele os principais pontos da obra são segurança e tranquilidade. “Já fiquei sabendo de vários acidentes aqui, mas após a ciclovia não se fala mais nisso. Melhorou muito a circulação por aqui. Ficou mais seguro”, disse.

Outro beneficiado com a obra é o aposentado Francisco Figueiredo. Todos os dias ele usa a ciclovia para a prática de exercícios com bicicleta até a beira-mar. “Com essa ciclovia melhorou a segurança, pois os carros não respeitavam os ciclistas. Agora ficou melhor para quem vai trabalhar ou se exercitar”, ressaltou.

A construção da ciclovia Cabo Branco/Tambaú, que terá a extensão de 4 quilômetros, faz parte do Plano de Ações Integradas (PAI), conjunto de obras anunciadas pelo prefeito Ricardo Coutinho (PSB) para 2009 e 2010, e será executada pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra). O custo da obra está orçado em de R$ 1 milhão, sendo R$ 100 mil de recursos próprios da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) e os outros R$ 900 mil serão repassados pelo Governo Federal.

Na oportunidade do lançamento do PAI, o prefeito Ricardo Coutinho falou da importância da ciclovia para a melhoria do sistema viário da Capital e que o trecho Cabo Branco/Tambaú vai complementar a que já está construída. A ciclovia começa no Viaduto do Cristo Redentor passa pelo bairros do José Américo (paralela a avenida Hilton Souto Maior) de Mangabeira, Altiplano e seguirá até a orla.

“Essa ciclovia é importante pois estamos construindo uma rede que sai do Cristo, atende o José Américo, Altiplano até a praia, que é onde se concentram as obras da construção civil, bares, restaurantes e onde trabalham milhares de pessoas que usam bicicleta e hoje se locomovem sem segurança. Portanto, essa ciclovia será para trabalhadores e também para passeios”, disse Ricardo Coutinho.