Cidade de João Pessoa já está preparada para receber a primavera

Por Andrezza Carla - em 281

João Pessoa já está preparada para receber a primavera. Isso porque com as atividades contínuas de manutenção de paisagismo, desenvolvidas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), a cidade possui vários pontos atrativos para aproveitar essa estação do ano da melhor maneira. Os serviços são executados pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), por meio da sua Diretoria de Paisagismo, bem como pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam), através da sua Divisão de Arborização e Reflorestamento (Divar). São setores especializados e que trabalham o ano inteiro para garantir a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento sustentável da cidade.

A primavera, que tem início no próximo dia 22 de setembro, tem como característica principal o desabrochar das flores e João Pessoa conta com uma vasta quantidade de espécies que, nesta época do ano, deixam o verde característico da cidade completamente colorido. O Parque da Lagoa, a Praça da Independência, o Parque Zoobotânico Arruda Câmara (Bica), verdadeiros cartões postais da cidade, ficam ainda mais bonitos nessa estação. Isso sem contar as praças, escolas e principais corredores da cidade, que também são contemplados com ações periódicas de paisagismo, como as Avenidas Beira Rio, Epitácio Pessoa, Getúlio Vargas, Ruy Carneiro e as praças Castro Pinto, Tito Silva, João Pessoa, Caldas Brandão, Venâncio Neiva, Bancário José Sales Sobrinho, Coqueiral, João Targino, dentre outros canteiros e corredores.

“Realizamos um trabalho contínuo de paisagismo por toda cidade. Temos profissionais capacitados para desenvolver projetos grandiosos de paisagismo, como é o caso da Praça da Independência, Parque da Lagoa e Avenida Beira Rio. Tudo isso sendo executado com todo o cuidado necessário, garantindo sistema de irrigação, pensando justamente numa obra sustentável e que esteja sempre verde”, destaca Sérgio Chaves, diretor de Paisagismo da Sedurb.

Foto RafaelPassos-Secom/JP

No que diz respeito à arborização, até o final deste ano, a Semam deve distribuir 40 mil mudas à população. Em 2017, a Secretaria promoveu o plantio de 53.760 mudas de árvores nativas, sendo 40.500 em áreas de mata ciliar (perto dos rios), parques e áreas de proteção permanente. Nas praças, canteiros de ruas e avenidas, escolas, Centros de Referência em Educação Infantil (Crei) e condomínios, foram plantadas 13.260 mudas de árvores. No período de 2013 a 2016, foram plantadas 123.427 mudas. A produção é feita no Viveiro Municipal de Plantas Nativas, que fica na Rua Embaixador Sérgio Vieira de Melo, s/nº – Valentina Figueiredo, em frente ao Sesc Gravatá.

“O diferencial em arborização na cidade, sem dúvidas, é o trabalho de poda programada que vem sendo executado pela Semam. Além de analisarmos a melhor época do ano para podar as espécies, garantindo que no período da primavera, as copas das árvores possam obter uma boa floração, nós estamos triturando o material podado e reaproveitando como adubo no plantio de outras árvores”, destaca Anderson Fontes, chefe da Divisão de Arborização e Reflorestamento da Semam.

Melhoria – Este ano, como o novo Horto Municipal, a Capital ganhou um grande aliado no que diz respeito à preservação do meio ambiente. Com um investimento de aproximadamente R$ 400 mil, o projeto conta com a construção de viveiros para a produção das mudas, salas técnica e administrativa, viveiros sombreados, galpão, vestiários, banheiros, refeitório, almoxarifados, copa e salas para oficinas, além de um completo sistema de irrigação. Localizado nas Três Ruas (Bancários), o espaço vai propiciar o cultivo de 50 mil mudas por mês, de 85 espécies diferentes, que serão distribuídas por toda a cidade.

Podas – Além das podas programadas, também existe o trabalho de podas preventivas, que é executado por meio de uma parceria entre a Semam, a Sedurb e a Autarquia Especial Municipal de Limpeza urbana (Emlur). A Semam é responsável pela emissão de laudos técnicos, que especificam o que necessita ser feito em determinada área. Esse documento é encaminhado à Sedurb, que executa a poda. A Emlur, por sua vez, é responsável pela remoção dos galhos e árvores.

Para solicitação de podas (em áreas públicas): 3218-9208 e 0800-281- 9208.