Cine Volante abre temporada com homenagem às mulheres

Por - em 30

O Projeto Cine Volante, que leva a sétima arte para as comunidades e instituições de João Pessoa, inicia nova temporada nesta sexta-feira (07), a partir das 19h30, na Associação dos Docentes da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). A promoção é da Prefeitura de João Pessoa (PMPJ), por intermédio da sua Fundação Cultural (Funjope).

Na abertura desta temporada, o Cine Volante trará uma programação especial, intitulada ‘Mulheres em Três Tempos’, em homenagem ao ‘Dia Internacional da Mulher’ (8 de Março), com a exibição de três filmes com temática feminina, além da veiculação de vinhetas sobre vinhetas sobre a ‘Violência Contra a Mulher’.

O Cine Volante é um projeto realizado Funjope desde 2005, que tem o objetivo de proporcionar a circulação da produção audiovisual brasileira junto à população dos bairros da Capital. O projeto, que já ganhou o reconhecimento do público, explora diferentes temáticas, visitou cerca de cinqüenta comunidades, além das diversas exibições extras, com a exibição de vários filmes de curta-metragem, principalmente de realizadores paraibanos.

‘Espalhadas pelo ar’
– Com 15 minutos de duração e assinado por Vera Egito, o filme conta a história de meninas que fumam escondido dos pais, nas escadas de serviço de um prédio residencial. Elas tiram suas roupas, para evitar que o cheiro de fumaça as denuncie. Cora tem 30 anos, mora no mesmo prédio que as meninas e está presa em um casamento infeliz. A mulher surpreende as meninas fumando, e a partir daí, inicia seu caminho à liberdade. A película foi lançada em São Paulo, no ano de 2007.

‘Vida Maria’ – Uma animação de Márcio Ramos, com duração de nove minutos, lançado no Ceará, em 2006, retrata a vida de Maria José, uma menina de cinco anos de idade, que é levada a largar os estudos para trabalhar. Enquanto trabalha, ela cresce, casa, tem filhos e envelhece. Ao final, o início de um novo ciclo que vai reproduzir o seu passado no futuro de sua filha.

‘Célia & Rosita’ – Uma ficção de Gisella de Mello, com 13 minutos de duração, lançado no Rio de Janeiro no ano 2000. O filme retrata a história de duas senhoras entediadas com suas vidas, que fazem um pacto só revelado ao final. Para isto, realizam uma viagem no tempo, contracenando com personagens da nossa história audiovisual.

Confira a programação de março:

Sexta-feira (07), às 19h30 – Associação dos Docentes da Universidade federal da Paraíba (UFPB), Campus I, Castelo Branco.

Segunda-feira (10), às 19h30 – Escola Marista Champagnat de João Pessoa, localizada na Praça da Independência.

Terça-feira (11), às 14h- Centro de Atenção Integral a Saúde do Idoso (CAISI), no Santa Isabel.

Quarta-feira (12), às 19h30 – Instituto de Cidadania e Arte ‘Boi do Bessa’, na Avenida Nilo Peçanha, Praça do Caju, Bessa.

Quinta – Feira (13), às 19h30 – Praça São Gonçalo, na Torre.

Terça-feira (18) às 16h – Centro Livre Meninada, na Rua Osvaldo Pessoa, 552, Jaguaribe.

Quarta-feira (19), às 19h30 – Associação dos Moradores do Conjunto dos Bancários, próximo à Praça da Paz, nos Bancários.

Sexta-feira (20), às 19h30 – Atelier Multicultural Elionai Gomes, localizado na Ladeira da Borborema, 101, Varadouro.

Segunda-feira (24), às 19h30 – Associação Comunitária do Jardim Veneza, na Rua Martinho Lutero s/n, Jardim Veneza.

Terça-feira (25), às 19h30 – Escola Osvaldo Pessoa, na Rua Prof. José Homes, Ernani Sátiro.

Quarta-feira (26), às 16h – Associação dos Moradores do Conjunto Funcionários IV, na Rua Irmã Maria das Neves, 32, Funcionários IV.

Sexta-feira (28), às 18h – Casa Brasil – Unidade Prefeitura Municipal de João Pessoa, Rua: Dr. Arlindo Correia, s/n, Costa e Silva.

Mais informações na Divisão de Audiovisual da Funjope, localizada na Praça Antenor Navarro, n° 06, no Centro Histórico da Capital ou pelo telefone 3218 9707, ramais 44 ou 35.