Circuito das praças anima a Capital com espetáculos de dança e teatro

Por - em 68

Espetáculos de dança e de teatro, shows musicais, além de performances da cultura popular estão presentes no ‘Circuito Cultural das Praças’ desta sexta-feira (24), em diferentes bairros da Capital. O evento desse final de semana também inclui uma vasta programação no sábado (25). A realização é da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) através da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes).

O ‘Circuito Cultural das Praças’ da edição 2011/2012 segue até o mês de março. Nesta versão, foram selecionados, por meio de edital público, 432 apresentações para compor uma temporada de seis meses. O projeto começou em setembro do ano passado. Foram contempladas as áreas de música, cultura popular, artesanato, audiovisual, literatura, artes integradas, teatro, circo e dança. A programação conta ainda com artistas convidados da Sedes.

Ipês – o Urso Folião se apresenta na praça Coriolano Coutinho, a partir das 17h.  Em 1992, o grupo surgiu com o objetivo de manter a tradição carnavalesca da cidade de Sapé (PB). Entre os principais foliões e componentes estavam Titonho, Cézar e Regio. Os brincantes têm a tradição de saírem na primeira sexta-feira de Carnaval.

Varadouro – na praça Antenor Navarro, a partir das 22h, a atração é o espetáculo de dança “Caravana”, montado pela Cia Lunay e Caravana Tribal Nordeste. O espetáculo fez, recentemente, uma passagem por Buenos Aires (Argentina). Dirigido pela dançarina Kilma Farias, a performance é desenvolvida no estilo tribal Brasil, que mescla o tribal fusion (dança do ventre com flamenco e indiana) e as danças afrobrasileiras, a exemplo do maracatu, coco, caboclinho e orixás.

Rangel – na praça da Amizade, a partir das 18h, é a vez do espetáculo infantil “O Babau”, realizado por Luiz Marinho, mais conhecido como Luiz do Babau. O artista é natural da cidade de Guarabira e aprendeu a brincadeira artística com seu tio, que também era bonequeiro e trabalhava com personagens de histórias populares. O objetivo era arrancar gargalhadas e entreter a plateia que assistia as cenas.

Bancários – a partir das 19h, a praça da Paz vai receber o Grupo Vital, com o espetáculo de dança contemporânea chamado Vital. A performance foi construída utilizando como base o texto bíblico do livro de Coríntios. Os movimentos foram desenvolvidos por meio de improvisações relacionadas a fatos reais, que se concretizam em um jogo coreográfico, contrapondo muitas vezes os movimentos suaves aos fortes e precisos.

Mangabeira – a Companhia de Dança Pele Flamenca é a atração da praça do Coqueiral, em Mangabeira, às 19h. Ela é formada pelas bailarinas Beatriz Betcher, Leonor Santos, Lory Morais e Micheline Freitas. Juntas, prometem apresentar uma performance com variados ritmos flamencos. No espetáculo, as bailarinas são acompanhadas pelos instrumentistas Cyran Costa (guitarra e cante), Thallyana Barbosa (flauta) e João Victor Figueiredo (percussão).

Tambaú – a Tribo Tupy Guanabara se apresenta a partir das 19h, na Feirinha de Tambaú. Fundada em 2008, no município Santa Rita, a agremiação faz parte dos grupos que desfilam no Carnaval Tradição, em João Pessoa. As tribos de índio do Carnaval de João Pessoa existem desde o início do século passado. Em comum, elas têm a encenação dramática chamada “matança”, na qual os espiões dizimam toda a tribo.

Manaíra – Fernando Sombra e Banda está na programação da praça do Skate, a partir das 19h. Ele é um dos mais experientes e criativos guitarristas do Estado. Músico há mais de três anos, também já atuou em outras capitais nordestinas, além de João Pessoa. Para esta sexta-feira, o artista promete um repertório amplo, abrangendo MPB, forró, lambada, rock e diversos outros estilos, em uma performance instrumental.

Cidade Verde – na praça Encanto Verde, a partir das 19h, no conjunto Cidade Verde, está programado o Cavalo Marinho Infantil do Mestre João do Boi. O grupo foi criado em 1967, no Bairro dos Novais, constando inclusive em registro do folclorista Câmara Cascudo. A brincadeira do cavalo marinho representa um auto da morte do boi, onde as crianças dançam ao som de banjo, triângulo, reco reco e pandeiro e se apresentam figuras como o Mateus, o Birico, a Catirina, a Margarida, a burra, o urubu, o bode e o boi.

Convidados da Sedes – além dos selecionados em edital para o ‘Circuito Cultural das Praças’, a Sedes vai levar mais uma atração à praça da Paz, nos Bancários, nesta sexta-feira. Trata-se do paraibano Valmir Sou, finalista do Gospel Fest 2011. O cantor mistura soul, funk e pop. Recentemente, lançou seu primeiro álbum, cujo single “Festejar” está tocando em mais de 100 cidades pelo Brasil.

Confira a programação completa deste final de semana:

Sexta-feira (10/02)

– Bairro dos Ipês (praça Coriolano Coutinho) – 17h

Urso Folião (cultura popular)

– Varadouro (praça Antenor Navarro) – 22h

“Caravana” (dança)

– Rangel (praça da Amizade) – 18h

“O Babau” (cultura popular)

– Bancários (praça da Paz) – 19h

Dança contemporânea “Vital” (dança)

Convidado da Sedes: Valmir Soul

– Mangabeira (praça Coqueiral) – 19h

Companhia de Dança Pele Flamenca (dança)

– Tambaú (Feirinha de Tambaú) – 19h

Tribo Tupy Guanabara (cultura popular)

– Manaíra (praça do Skate) – 19h

Fernando Sombra e Banda (música)

– Cidade Verde (praça Encanto Verde/ Anfiteatro João Balula) – 19h

Cavalo Marinho Infantil do Mestre João do Boi

Sábado (11/02)

– Castelo Branco (praça da Cultura) – 19h

Tony Rodrigues (artes integradas)

– Manaíra (praça Alcides Carneiro) – 17h

Foco – Companhia de Dança

– Bessa (praça do Caju) – 19h

“Abra a Mala e solte o Riso” (teatro)

Convidado da Sedes: Andrisley Kelly (MPB)

– Padre Zé (praça da Conquista) – 19h

“Ser Brasileiro” (dança)

Convidado da Sedes: grupo de hip hop Família. Z.O

– Funcionários I (praça Lauro Wanderley) – 19h

“A Saga da Luz” (teatro)

– Jaguaribe (praça Aquiles Leal) – 19h

Trupe Arlequim de Circo e Teatro

– Funcionários II (praça Bela) – 19h

Penha Cirandeira (cultura popular)

– Valentina (praça Soares Madruga) – 19h

Caiana dos Crioulos (cultura popular)

– Alto do Mateus – 17h

Cambindas Brilhantes de Lucena (cultura popular)

– Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes (raça da Esperança) – 19h Cavalo Marinho de Bayeux (cultura popular)