Circuito das Praças deste sábado exalta a cultura popular nordestina

Por - em 83

O Circuito Cultural das Praças deste sábado (04) está recheado de atrações que valorizam a cultura popular nordestina como emboladores, repentistas, grupos de dança que exaltam o folclore e ritmos como coco de roda, ciranda, xaxado, xote e baião. Tem também o show do cantor Markel, o espetáculo circense da Companhia Perambularte e a apresentação da escola de samba Mirassol, para entrar no clima do carnaval.

A festa começa a partir das 17h com as apresentações do grupo Caiana de Crioulos, na praça Alcides Carneiro, em Manaíra e a apresentação da escola de samba Mirassol, na praça das Mangueiras, no bairro do Alto do Mateus. Seguindo a programação, às 19h tem o show do cantor e compositor Markel, na praça Nossa Senhora da Paz, no Castelo Branco, o espetáculo ‘Indo e Voltando’, na praça do Caju e a dupla de repentistas Zezinho da Borborema e Curió de Bela Rosa, na praça da Conquista, do Padre Zé.

Além disso, tem Mestre Brown e os batuqueiros do mangue, na praça Lauro Wanderley, no conjunto Funcionários I, a ‘Ciranda dos Tupinambás’, na praça Aquiles Leal, em Jaguaribe, os Cirandeiros do Vale do Gramame, na praça Bela e a Companhia Perambularte, com o espetáculo ‘Canaã’, na praça Soares Madruga. No domingo, a Estação Cabo Branco recebe a dupla de emboladores de coco Lindalva e Lavandeira do Norte, a partir das 17h.

Realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da sua Fundação Cultural (Funjope), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), o circuito tem o objetivo de incentivar e valorizar a diversidade cultural e o trabalho dos artistas paraibanos. Ele é realizado de forma permanente em diversos bairros da Capital e as atrações são selecionadas através de edital público.

Castelo Branco – O cantor e compositor paraibano Markel apresenta, a partir das 19h, na praça Nossa Senhora da Paz (Cultura), o show ‘Colheita dos Tempos’. Na ocasião, o público poderá conhecer o trabalho solo do artista num show 100% autoral. Para a apresentação, Markel resume o melhor de suas composições mesclando elementos da música pop, samba rock, rock progressivo e setentista. Além do trabalho solo, Markel é também guitarrista da renomada banda de pop rock Travolta e já foi vocalista da banda Sonora Samba Groove.

Manaíra – O grupo de cultura popular Caiana de Crioulos se apresenta a partir das 17h, na Praça Alcides Carneiro. Caiana é uma comunidade quilombola que fica no município de Alagoa Grande. A localidade é conhecida nacionalmente como uma das 35 legítimas remanescentes de africanos no Estado. Seus instrumentos, músicas, danças e costumes ainda guardam muito da cultura e da história de uma das raças da miscigenação brasileira. O coco e a ciranda são as mais importantes manifestações populares do local e ‘dona Edite’ é uma das principais referências da comunidade.

Bessa – O espetáculo de dança popular ‘Indo e Voltando’, do grupo Eita de Projeções Folclóricas, é a atração da praça do Caju, a partir das 19h. Segundo seus idealizadores, a proposta da apresentação é instigar o público a uma grande viagem pelo Nordeste brasileiro, em especial, a Paraíba. Através da dança, música e interpretação, o grupo enaltece as várias vertentes da cultura popular. Os ritmos xote, baião e xaxado, entre outras representações folclóricas prometem animar a festa.

Padre Zé – A dupla de repentistas Zezinho da Borborema e Curió de Bela Rosa fazem show às 19h, na praça da Conquista. Os dois são oriundos dos municípios de Guarabira e Pedras de Fogo, respectivamente, e conhecidos por apresentar uma poesia bem humorada, articulada e inteligente.

Funcionários I – A praça Lauro Wanderley vai receber, a partir das 19h, Mestre Brown e os batuqueiros do mangue. Conhecido por seu jeito entusiasmado de levar a vida, Charles Aníbal Brandão, mais conhecido como Mestre Brown, é um artista popular por excelência. Seu fazer cultural se vale de vários elementos da cultura popular nordestina e durante a apresentação deste sábado, no bairro dos Funcionários I, vai explorar o seu lado cômico com as bonecas “Nega Maluca” e “Severina Carrapicho”, além de canções de sua autoria.

Jaguaribe – A ‘Ciranda de Tupinambás’ é a atração da praça Aquiles Leal, a partir das 19h. Fundada em 1936, no bairro de Mandacaru, o grupo é comandado pelo mestre Carbureto e um dos principais responsáveis pela existência do coco de roda, expressão cultural típica do Nordeste.

Funcionários II – Com suas zabumbas de corda, caixas e ganzás, os Cirandeiros do Vale do Gramame estão entre os principais responsáveis pela continuidade das tradições do litoral sul pessoense. Na região do Engenho Velho e proximidades, além do coco e cirandas tradicionais, é conhecida a existência de quadrilhas juninas locais. Eles comandam o espetáculo a partir das 19h, na Praça Bela.

Valentina – A praça Soares Madruga será palco do espetáculo ‘Canaã’, que será apresentado às 19h, pela companhia Perambularte. Na história, dois sertanejos contam, num conto cantado, a conquista da caatinga e a fuga do deserto. Durante 40 anos, eles enfrentaram gigantes e valentes, beberam água de pedra, viram o mar de abrir e até o sol parar.

O grupo Perambularte trabalha com circo, teatro, músicas populares, dança e poesia. Os espetáculos são inspirados pelas características do Sertão, sabedoria e experiências do homem nordestino. Cada personagem é um palhaço criado pelos artistas do elenco, que colocam um pouco da própria personalidade em sua representação. Perambulando pelas ruas, o grupo pretende dar movimento à arte com a ideia de humanizar a figura circense do clown, possibilitando a identificação do público com cada personagem.

Alto do Mateus – A Escola de Samba Mirassol comanda a festa na praça das Mangueiras, a partir das 17h. A agremiação, que surgiu em março de 2003, conta atualmente com cerca de 450 integrantes. Para a apresentação, o grupo vai contar com a participação de 70 integrantes. Alegria e muito samba no pé é o que promete o grupo. Destaque para o colorido e brilho das roupas que, trazem em destaque, as cores vermelho, preto, branco e amarelo.

Estação Ciência – Ainda na programação do Circuito das Praças tem a apresentação da dupla de emboladores de coco Lindalva e Lavandeira do Norte. Eles se apresentam neste domingo (5), a partir das 17h, na Estação Cabo Branco.  Conhecidos pelos improvisos e provocações em tom jocoso, a dupla se garante na improvisação na hora de ganhar os aplausos do público.

Natural de Santa Rita, Lindalva fez fama no Rio de Janeiro, quando se apresentava com a irmã Terezinha, no Largo da Carioca. No local, cantava composições e vendia fitas cassete. Chegaram a se apresentar em outros estados e, em 1999, lançaram pela Eldorado/Pequizeiro o CD “Terezinha e Lindalva”, na série “Grandes repentistas do Nordeste”, no qual interpretam, entre outras, as emboladas “Proseado”, “Coco da baiana”, “O rico e o pobre” e “Coco do seringueiro”, todas de autoria da dupla.

Confira abaixo a programação:

– Castelo Branco (praça da Cultura) – 19h

Markel – Colheita dos Tempos (música)

– Manaíra (praça Alcides Carneiro) – 17h

Caiana de Crioulos (dança)

– Bessa (praça do Caju) – 19h

Eita de Projeções Folclóricas – ‘Indo e Voltando’ (dança)

– Padre Zé (Praça da Conquista) – 19h

Curió de Bela Rosa e Zezinho da Borborema (cultura popular)

– Funcionários I (Praça Lauro Wanderley) – 19h

Mestre Brown e os batuqueiros do mangue (cultura popular)

– Jaguaribe (praça Aquiles Leal) – 19h

Ciranda dos Tupinambás (cultura popular)

– Funcionários II (Praça Bela) – 19h

Cirandeiros do Vale do Gramame (cultura popular)

– Valentina (Praça Soares Madruga) – 19h

Companhia Perambularte – “Canaã” (circo)

– Alto do Mateus – 17h

Escola de Samba Mirassol (música)

– Estação Ciência – 05/02 – 17h

Lindalva e Lavandeira (cultura popular)