Circuito das Praças encerra mês de novembro com música e teatro

Por - em 111

O Circuito Cultural das Praças encerra a programação do mês de novembro, neste sábado (28), levando música, teatro e dança a 10 pontos da Capital, sempre a partir das 20h, com exceção da Praça Alcides Carneiro, em Manaíra, onde a programação tem inicio às 17h, atendendo solicitação da própria comunidade. O evento é uma promoção da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Fundação Cultural (Funjope).

A Praça da Paz, no bairro dos Bancários, recebe o cantor e compositor Ditelles. Neste show, o artista, que tem sete discos gravados, vai apresentar um repertório autoral, fazendo um verdadeiro passeio pela carreira, além do sucesso ‘Seca do Ceará’, que faz parte das coletâneas ‘1ª Cantoria da Música Nordestina’ e ‘Encontro do Agreste’, ambas distribuídas pela Gravadora Som Livre.

Para Ditelles, o Circuito Cultural das Praças é uma boa oportunidade para os artistas e para o público. “Esta iniciativa é muito interessante, uma vez que consegue atingir um público bastante diversificado, de forma aberta e gratuita e eu me sinto muito à vontade com esta proposta de shows idealizada pela Funjope”.

A Praça Lauro Wanderley, no Funcionários I, será animada pela música e o humor da banda Omelete, que faz uma sátira aos grandes shows, com seus ‘superstars’, cada um com seus trejeitos e manias. A banda também entra no clima, com pseudônimos exóticos e seu figurino brega.

Na Praça Bela, do Funcionários II, acontece o show do cantor e compositor Kennedy Costa, que surgiu no cenário musical paraibano junto a nomes como Escurinho, Milton Dornelas, Adeíldo Vieira e Paulinho di Tarso, que compõem a cena contemporânea da música da Paraíba. Baiões, maracatus, cocos, frevos e baladas estão sempre presentes no seu repertório.

A Praça Aquiles Leal, em Jaguaribe, recebe o grupo de dança ‘Tap Arretado’, que vai apresentar o espetáculo ‘Tom no Pé’, uma viagem musical que inicia no ritmo vibrante do hip-hop, entra para um solo no ritmo de samba, atravessa a gostosa musicalidade da Bossa Nova e termina em ‘Cânone’ no versátil e popular estilo do sapateado americano Shim Sham Shimy. Esta apresentação conta com a participação de crianças, mostrando coreografias infantis.

A atração da Praça do Coqueiral, em Mangabeira, é o músico baiano Alexandre Moreno, que iniciou a sua trajetória artística em Cuiabá (MT), acompanhando bandas e outros compositores como tecladista, porém suas canções estão sendo feitas e lapidadas desde 2003 e, recentemente, resolveu cantá-las e defendê-las. Como instrumentista esteve muito presente no meio reggae, com destaque para as bandas ‘Kayamaré’, do Mato Grosso, e a paraibana ‘Gunjah’.
 
A cantora e compositora paraibana Anne Raelly se apresenta na Praça do Caju, no Bessa. A artista iniciou sua carreira em 1997 e, desde então, vem participando de diversos eventos do gênero em todo o Estado. A proposta musical da intérprete tem influência de diversos estilos da Música Popular Brasileira, principalmente o samba, a Bossa Nova e o pop.

A Praça da Mangueira, no Alto do Mateus, será movimentada pela Trupe Arlequin de Circo Teatro, fundada em 10 de Dezembro de 2008 pelo artista Diocélio Barbosa, com o intuito de dar continuidade a uma pesquisa coletiva, voltada para a disseminação e valorização da arte circense e teatral. O coletivo é formado por artistas que já possuem uma trajetória de trabalhos voltada para a arte do circo e do teatro na cidade.

A programação da Praça Alcides Carneiro, em Manaíra, que tem início às 17h, conta com o espetáculo ‘Cordel e Retalhos’ do Grupo de Teatro Aberto. A encenação apresenta os contadores ambulantes que percorrem os caminhos do sertão nordestino, com suas cantigas e histórias, expressando a força e a luta do povo nordestino através da linguagem desse mesmo povo.

A Praça da Esperança, no Residencial Gervásio Maia, que fica no conjunto Colinas do Sul, recebe o show do DJ Sacal, que iniciou sua trajetória artística em 1999, tocando ‘Drum n’ Bass’. Foi Dj Residente de várias casas noturnas na cidade de João Pessoa, Dj e Produtor do Grupo De Rap ‘Eu & Meus Amigos’ e atualmente, aparece com seu trabalho solo, que segundo ele, é “o mais puro Dancehall Brasileiro com participações inusitadas de vários convidados”.

A banda ‘Sonora Samba Groove’ é a atração da Praça da Amizade, no Rangel. A banda, que surgiu em 2006 com o propósito de reverenciar a música popular brasileira, já faz parte da cena musical da cidade, sendo muito requisitada para apresentações em bares, boates, casas de shows e festivais, com novas versões e propostas para grandes canções que marcaram época. O repertório traz composições de grandes nomes da música, a exemplo de Monarco, Chico Buarque, Riachão, Baden Powell e Bezerra da Silva.