Circuito das Praças oferece 27 atrações neste final de semana

Por - em 49

Choro, rock, capoeira e nuances de coco, ciranda, maracatu e baião são os ritmos levados a diversos bairros da Capital no Circuito Cultural das Praças desta sexta-feira (4). A programação inclui ainda espetáculos de dança e circo. As apresentações terão inicio às 17h, 18h, 19h e 22h, dependendo da localidade. A realização é da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), que traz nessa edição do projeto artistas e grupos convidados, além daqueles selecionados em edital público.

No sábado (5), o Circuito Cultural das Praças também movimenta outros pontos da Capital. Ao todo, somando os dois dias, são 27 atrações. A nova temporada do projeto começou em 9 de setembro deste ano e vai se estender até março de 2012, o que corresponde a 432 apresentações selecionadas via edital público, que recebeu propostas das áreas de música, cultura popular, artesanato, audiovisual, literatura, artes integradas, teatro, circo e dança

Bairro dos Ipês – O Chorisso vai levar o genuíno ritmo brasileiro do choro à Praça Coriolano Coutinho, às 17h. O grupo foi idealizado em 2007 pelo professor José Augusto Maropo. A ideia nasceu a partir de reuniões musicais para deleite de seus integrantes. Os músicos já fizeram apresentações em todo o Nordeste, desenvolvendo um trabalho de interpretação tanto de clássicos como também de músicas próprias e de compositores paraibanos.

No repertório, estão obras-primas de artistas consagrados como “Um Tom Para Jobim” (Sivuca e Oswaldinho), “Baião de Lacan” (Guinga) e “Festa Cigana” (Potyzinho).

Varadouro – Com 15 anos de estrada, a banda Dead Nomads reflete as vertentes dos estilos punk rock, surf music e hardcore, seguindo uma linha melódica influenciada por tendências do final dos anos 70 até inicio dos 90. O grupo vai se apresentar na Praça Antenor Navarro, a partir das 22h. No show desta sexta-feira, os integrantes vão apresentar composições do novo CD “Siga Adiante”, a exemplo de “Ferir ou Cortar” e “Be Stonger”, além de outras já conhecidas do grande público, como “1945”, “Resposta”, “Sobreviver”, “Jaspion”, “They Want” e “Tratados como Palhaços”, todas de autoria própria.

Fazem parte da formação atual os músicos Marcel Viegas (vocal principal), “Rubem Cacho” (guitarras e backing vocal), Degner Queiroz (baixo e backing vocals) e Toni Ramalho (bateria).

Rangel – O recém-criado Batuque de Saia, composto por jovens musicistas, promete equilibrar as experiências das rodas de samba com a formação musical erudita. O grupo será a atração na Praça da Amizade, a partir das 18h. No show, as integrantes se preocupam em dar visibilidade ao papel da mulher nesse estilo musical puramente brasileiro, tocando composições de Dona Ivone Lara e Leci Brandão e reinterpretando criações masculinas que foram eternizadas nas vozes de ícones como Clara Nunes e Alcione. São lembrados ainda nomes como Jorge Aragão, Benito di Paula e Chico Buarque.

As meninas também têm um “pezinho” no choro, quando a flauta transversal, violão, cavaquinho e pandeiro fazem interpretações pontuais na abertura e intervalo do show. Batuque de Saia tem entre as integrantes Dandara Oliveira (voz), Hoane Costa (rebolo), Lidja Ramalho (surdo), Olga Alves (flauta transversal) e Raquel Dantas (violão).

Bancários – A Praça da Paz, a partir das 19h, vai receber o espetáculo teatral “A Saga da Luz”, do grupo experimental Cena Aberta. A peça é carregada pelo humor pícaro da cultura popular. O trabalho dá continuidade à comédia “A Saga de Zacarias” e o tema retrata a história de um casal em convulsão. Depois de quase 20 anos, surge uma nova situação: a chegada de uma criança, menino ou menina. Nascer ou não nascer é a grande confusão. A história é baseada nas obras “Porque a Noiva Botou o Noivo na Justiça”, de Lourdes Ramalho, e “Como Nasce um Cabra da Peste”, de Altimar Pimentel. A adaptação e direção são de Marcos Pinto, com montagem patrocinada pelo Fundo Municipal de Cultura (FMC).

Mangabeira – O espetáculo “Morada” será exibido na Praça Coqueiral, a partir das 19h. O trabalho é dirigido por Sabrina Casado e tem coreografia de Elias Miguel. A performance de dança começa com a entrada dos bailarinos simbolizando a chegada ao lar. A partir daí, tem início uma viagem pelos ambientes dessa residência.

Tambaú – Às 19h, na Feirinha de Tambaú, o público presente vai assistir ao Balé Popular da UFPB, que apresentará o espetáculo “Encantados”.  A trama conta a história de um menino que em seu caminho encontra personagens da cultura popular e os afronta de um jeito “encantado”. A performance mostra o retrato particular das tradições nordestinas. O grupo foi criado em 1995, reunindo artistas das áreas da dança, teatro e artes plásticas, com o objetivo de investigar as diversas expressões da identidade regional.

Manaíra – A Praça do Skate vai receber, a partir das 19h, a Red Butcher, que tem dois anos de formação. Suas músicas instrumentais autorais são banhadas a muito stoner e doom – subgêneros do rock dos anos 70, caracterizados por possuir riffs de guitarra graves e lentos com uma veia psicodélica. O grupo tem influência de Jimmy Hendrix e Black Sabbath.

Cidade Verde – Arupemba vai animar o Anfiteatro João Balula, na Praça Encanto Verde, a partir das 19h. O grupo, que foi fundado em 2008, trabalha com a musicalidade regional paraibana (coco, ciranda, maracatu, baião) em simbiose com o rock progressivo. No repertório, todas as músicas e arranjos são autorais. A banda tem como integrantes os músicos Jairo Fomes (bateria) Joaz de Brito (vocal), Leandro Ribeiro (guitarra), Petrônio Freire (percussão), Katiúscia Lamara (percussão) e Fabiano Sares (baixo).

Convidados da Sedes em cinco praças – As atrações convidadas pela Sedes também farão parte da programação do ‘Circuito Cultural das Praças’ em oito locais, unindo-se assim aos artistas selecionados via edital público para o projeto. O objetivo é dar maior visibilidade aos trabalhos artísticos desenvolvidos pelas comunidades e bairros de João Pessoa.

Na Praça da Paz, o público terá a oportunidade de assistir ao show do Grupo de Capoeira da Associação dos Bancários. Enquanto isso, o CG Artes vai levar música, acompanhada por voz, violão e percussão, à Praça do Skate, em Manaíra.

Na mesma noite, os seis integrantes do Suingueira Parangolé, com seis anos de estrada, vão mostrar seu trabalho na Praça Encanto Verde, no Cidade Verde. Em Mangabeira, na Praça Coqueiral, a animação fica por conta da dupla de palhaços Baba Baby e Teco Teco.

Confira a programação completa deste final de semana:

SEXTA-FEIRA (04/11)

-Bairro dos Ipês (Praça Coriolano Coutinho) – 17h

Chorisso (música)

– Varadouro (Praça Antenor Navarro) – 22h

Dead Nomads (música)

– Rangel (Praça da Amizade) – 18h

Batuque de Saia (música)

– Bancários (Praça da Paz) – 19h

A Saga da Luz (teatro)

Convidado da Sedes: Grupo de Capoeira da Associação dos Bancários (cultura popular)

– Mangabeira (Praça Coqueiral) – 19h

Espetáculo Morada (dança)

Convidado da Sedes: Palhaços Baba Baby e Teco Teco (circo)

– Tambaú (Feirinha de Tambaú) – 19h

Balé Popular da UFPB (dança)

– Manaíra (Praça do Skate) – 19h

Red Butcher (música)

Convidado da Sedes: CG Artes (música)

– Cidade Verde (Praça Encanto Verde/ Anfiteatro João Balula) – 19h

Banda Arupemba (música)

Convidado da Sedes: Grupo Suingueira Parangolé (música)

SÁBADO (05/11)

– Castelo Branco (Praça da Cultura) – 19h

Trem das Onze (música)

Convidado da Sedes: Banda Raça Popular (música)

– Manaíra (Praça Alcides Carneiro) – 17h

Circo Arlequim (circo)

– Bessa (Praça do Caju) – 19h

Banda Hazamat (música)

– Padre Zé (Praça da Conquista) – 19h

Rock Riso (música)

– Funcionários I (Praça Lauro Wanderley) – 19h

Do Fogo às Cinzas (dança)

Convidado da Sedes: Banda Oniseize (rock)

– Jaguaribe (Praça Aquiles Leal) – 19h

Nectar do Groove (música)

– Funcionários II (Praça Bela) – 19h

Erick Breno (artes integradas)

Convidado da Sedes: Grupo Evangélico Expressão e Louvor (música)

– Conjunto Residencial Gervásio Maia (Praça da Esperança) – 19h 

Banda Pura Raiz (música)

– Valentina (Praça Soares Madruga) – 19h

Circo Imaginário –  Tel Pastel (circo)

Convidado da Sedes: Grupo Companhia Dance Art

– Alto do Mateus – 17h

Pádua Belmont (música)

– Estação Ciência (anfiteatro) – 17h30

Tribal Brasil (dança)