Circuito das Praças traz forró e emboladores de coco nesta 6ª

Por - em 70

O Ponto de Cem Réis vai “levantar a poeira” nesta sexta-feira (18), a partir das 17h30. Como acontece todas as semanas, o Circuito Cultural das Praças vai levar ao público o projeto Forró no Centro. Desta vez, a atração será o cantor e compositor Alexandre Pé de Serra. Às 22h30, na praça Antenor Navarro, será a vez dos emboladores de coco Lindalva e Lavandeira. A realização é da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

Alexandre Pé de Serra compara o Circuito das Praças e o projeto Forró no Centro a uma espécie de vitrine da cena cultural da cidade. “É muito boa a iniciativa porque ela vai revelando muitos artistas que estão no anonimato. Ao mesmo tempo, João Pessoa vai sendo vista culturalmente, com mais dignidade”, comentou.

Nesta sexta-feira, Alexandre sobe ao palco com os músicos Poty Junior (cavaquinho); Laizime Fontes (percussão); Vinicius de Lucena (violão de oito cordas); Júnior Mattos (acordeão); Carlos Moura (zabumba); Renan Rezende (flauta). No repertório estarão composições próprias, a exemplo de ‘Coração Forrozeiro’, ‘Matuto Cheiroso’ e ‘A fim de Namorar’. Ainda vai ter espaço para homenagens aos principais ícones da música nordestina como Luiz Gonzaga, Pinto do Acordeão, Jackson do Pandeiro e outros artistas.

A estrada musical de Alexandre Pé de Serra começou aos 17 anos de idade. “Fazendo verso dedilhado em minha viola e pensamentos, escutando o toque agudo de triangulo, de graves e bem compassados do zabumba, me guiando pelo som maestrino de uma sanfona”, definiu.

O artista possui dois CDs gravados, intitulados ‘Autenticidade Forrozeira’ (2000) e ‘Matuto Cheiroso’ (2003). O primeiro DVD, que recebeu o nome de ‘Alexandre Pé de Serra Ao Vivo’, foi lançado esse ano, no período das festividades de São Pedro. As composições tocaram e continuam sendo executadas não apenas no Brasil, mas também no exterior, em países como Portugal, Angola, Espanha, França e Estados Unidos.

Emboladores – A partir das 22h30, na praça Antenor Navarro, tem apresentação dos emboladores de coco Lindalva e Lavandeira. Lindalva do Côco nasceu em Macaíba (RN). Começou a improvisar coco de embolada quando tinha apenas 9 anos de idade. Fazia isso junto com a irmã, Terezinha. Em 1978, foi para o Rio de Janeiro. Na capital fluminense começou a se apresentar na feira de São Cristovam e em praças da cidade.

Dez anos depois as duas irmãs mostraram o talento no programa Som Brasil, da Rede Globo. Depois, chegaram a fazer performances em outros espaços televisivos como em Hebe Camargo e Ratinho, no SBT. Atualmente, Dona Lindalva faz parceria com o embolador Lavandeira do Norte (PE).