Coleta seletiva da Emlur serve de modelo para Prefeitura de Parelhas

Por - em 57

A Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) recebeu a visita da secretária de meio ambiente do município de Parelhas (RN), Gildete Maria da Silva, que esteve em João Pessoa para conhecer a experiência de sucesso da coleta seletiva. A visita técnica aconteceu na durante esta semana e foi realizada no Núcleo de Coleta Seletiva, localizado no bairro de Mangabeira.

Durante o encontro, a secretária conheceu todo o processo de coleta, triagem e comercialização de material reciclável incentivado pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP). O engenheiro Edilberto Feitosa, coordenador da coleta seletiva da Emlur, recebeu a comitiva potiguar que foi acompanhada pelos consultores do Sebrae, José Rangel e Marina Reis.

“O principal ponto observado pela comitiva foi à metodologia utilizada no Acordo Verde, projeto criado em 2007 pela Prefeitura de João Pessoa, que promove uma parceria entre moradores e agentes ambientais”, afirmou Edilberto.

De acordo com a secretária do município de Parelhas (RN), Gildete Maria da Silva, a prefeitura potiguar pretende utilizar a experiência desenvolvida nesses últimos anos pela PMJP, através da Emlur, para levar aos catadores informais a criar uma cooperativa de agentes ambientais.

“Como aconteceu em João Pessoa, a expectativa é que, além dos benefícios gerados para o meio ambiente, a implantação desse sistema contribua para o comprometimento da população, aumentando à renda dos agentes, possibilitando, assim, melhoria na vida dessas famílias”, ressaltou a secretária. A cidade de Parelhas possui 21 mil habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Modelo – O sistema de coleta seletiva implantado pela PMJP em 2007 vem sendo observado como exemplo de gestão dos resíduos sólidos potencialmente recicláveis. A importância dada pela prefeitura, por intermédio da Emlur, aos trabalhadores de material reciclado e o investimento feito em campanhas educativas já havia chamado a atenção da Prefeitura de Igarassu (PE), que em 2009 ressaltou a gestão de limpeza urbana de João Pessoa como referência na região Nordeste.