Coleta seletiva é apresentada a alunos de escola no Varadouro

Por - em 25

Os alunos da Escola Municipal Santos Dumont, no Varadouro, participaram nesta quinta-feira (22) de uma palestra sobre a coleta seletiva. Os garotos foram apresentados ao projeto ‘Santo de Casa faz Milagre’, desenvolvido pela Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) e que está implantando essa forma de separação de resíduos em órgãos e instituições de ensino públicas e privadas da Capital.

A palestra foi ministrada pelos educadores ambientais da Emlur para 60 alunos que cursam a 6ª série na escola municipal. Os garotos receberam informações de como deve ser feita a coleta seletiva, qual a importância desse processo para a preservação do meio ambiente e para a renda das famílias que vivem da venda de material reciclável.

“Nós queremos levar a coleta seletiva para todas as entidades que tiverem interesse. Por isso, criamos esse projeto que implantou a forma de separação de resíduos no Centro Administrativo Municipal, órgãos estaduais e federais, entre outras instituições. Incentivando a coleta seletiva, que traz inúmeros benefícios ao meio ambiente, também poderemos sensibilizar as pessoas para a educação ambiental”, destacou a superintendente da Emlur, Laura Farias Gualberto.

A professora de Ciências da Escola Municipal Santos Dumont, Elza Fátima, disse que foi muito importante receber a visita dos técnicos da Emlur, uma vez que alunos e docentes tiveram a oportunidade de conhecer a importância de preservar e reciclar. “Ainda não temos a coleta seletiva aqui na escola, mas já desenvolvemos alguns trabalhos relacionados ao meio ambiente. Falamos sobre separação do lixo e que temos o dever de preservar. É importante nos unir com o poder publico, pois só assim poderemos ajudar a manter a cidade limpa e melhorar nossa saúde”.

Paulo Roberto, O aluno da 6ª série, declarou que acha muito importante preservar a natureza para evitar o aquecimento global e a poluição dos rios. “Em casa falo sempre com os meus pais sobre a preservação do meio ambiente e eles fazem a separação do lixo. Espero que todos façam um pouco mais para melhorar nosso planeta”, comentou.

A escola municipal realiza um trabalho permanente e de preservação do meio ambiente, que consiste em visitas aos moradores de comunidades para fazer a arrecadação de materiais recicláveis, a exemplo de garrafas pet e latinhas. Tudo que é arrecadado é posteriormente doado para as associações que trabalham com a reciclagem.