Coleta seletiva: estagiários concluem trabalho no projeto ‘Acordo Verde’

Por - em 22

Os 30 estagiários que trabalharam na implantação do ‘Acordo Verde’ se despediram do projeto nesta sexta-feira (30). Eles atuaram na implantação da coleta seletiva nos bairros de Mangabeira, Jardim Cidade Universitária, Anatólia, Bancários e Jardim São Paulo, durante quatro meses. A despedida foi realizada no galpão de Coleta Seletiva Jardim Cidade Universitária.

No projeto, os estagiários foram responsáveis por acompanhar os agentes ambientais em todas as residências. Lá, faziam a apresentação do catador e explicavam como funcionaria o projeto. Também era atribuição dos estagiários dar orientações sobre as rotas de serviço. Para desenvolver as suas atribuições, eles passaram por curso de capacitação.

A superintendente da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), Laura Farias Gualberto, disse durante a despedida que os estagiários foram fundamentais para que o projeto fosse concretizado. “Vocês vestiram a camisa do ‘Acordo Verde’ e todos os dias saíram às ruas com os agentes ambientais e falaram sobre a importância do projeto para o meio ambiente e a geração de renda”, destacou.

O diretor administrativo-financeiro da Emlur, Coriolano Coutinho, agradeceu aos estagiários pelo empenho e dedicação ao projeto. “Eles foram fundamentais. Se hoje o projeto está consolidado, muito se deve aos estagiários”, comentou.

A estudante Isabele Alves, que trabalhou no projeto como estagiária, disse que aprendeu e ensinou muita coisa dentro do ‘Acordo Verde’. “Foi uma experiência que eu vou levar para a vida”, destacou. Ela também destacou o teor social do projeto, o contato com os agentes ambientais e com os moradores dos cinco bairros.

A ex-estagiária Anne Suellen revelou que ficará com muitas saudades dos agentes ambientais e do ‘Acordo Verde’. Ela disse que aprendeu muito com o projeto e levará os ensinamentos para o seu dia-a-dia. A garota contou que sentirá muitas saudades da rotina de atividades desenvolvidas.