Com batuque empolgante, Círculo de Tambores agita a Praça da Paz

Por - em 32

O som dos tambores tomou conta mais uma vez da Praça da Paz, nos Bancários, na noite do último sábado (29), na edição semanal do pólo ‘Cultura de Casa vai à Praça’, que acontece sempre às 20h, no Anfiteatro Poeta Lúcio Lins, dentro do projeto ‘Circuito Cultural das Praças’, desenvolvido pela Prefeitura Municipal (PMPJ), através da sua Fundação Cultural (Funjope), em parceria com os Comitês Gestores das praças.

O evento, que reuniu um grande número de pessoas, contou com uma apresentação surpresa do ‘Clube da Percussão’, formado por alunos do Departamento de Música da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que executaram composições instrumentais em marimbas e tímpanos.

Em seguida, teve início a apresentação do ‘Círculo de Tambores’, um projeto de extensão da UFPB, coordenado pelo Maestro Francisco Xavier de Souza Neto e formado por alunos da instituição, músicos e admiradores do som dos tambores, alfaias, pandeiros e ganzás. O grupo, que mantém um caráter experimental, já faz parte da cena cultural de João Pessoa. Na ocasião, os ritimistas que tem a lua como grande fonte de inspiração, animou e interagiu com o público presente, tocando ritmos populares como o maracatu, o coco e a ciranda.

Desde o mês de abril, o grupo desenvolve o projeto ‘Círculo de Tambores Comunitário’, patrocinado pela Funjope, que atente cerca de 100 crianças e jovens dos bairros do Costa e Silva e Porto do Capim.

Para o comerciante Walber Ribeiro, morador do bairro, a grande importância desta iniciativa da Prefeitura Municipal, de levar a cultura para as praças, é o fato de influenciar de forma educativa, a participação dos jovens nestes eventos. “É um caminho para permitir que os jovens possam conhecer outras vertentes da música e da cultura em geral. Aqui, podemos ouvir o batuque vibrante e contagiante do ‘Círculo de Tambores’, declarou.