Combate à dengue chega a mercados públicos de João Pessoa, no sábado

Por - em 56

As ações de combate à dengue em João Pessoa serão ampliadas para os mercados públicos dentro da programação do ‘Dia Nacional de Mobilização e Combate’ à doença, que acontece no próximo sábado (24). Nesta quinta-feira (22), os agentes de vigilância ambiental da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realizaram batidas de foco e distribuíram material informativo com os comerciantes e clientes nos mercados da Torre e Bairro dos Estados. Após o fechamento dos mercados foram aplicados inseticida adulticida costal para eliminação do mosquito Aedes aegipty (transmissor da doença) na fase adulta. O trabalho continua nesta sexta-feira (23) com vistoria e campanha educativa no Mercado Central.

Durante a vistoria no Mercado da Torre foram detectados três focos do mosquito nas galerias pluviais e eliminados com a aplicação de larvicidas. Já no do Bairro dos Estados não foi encontrado nenhum foco. De imediato os focos são eliminados e uma amostragem é encaminhada para a análise laboratorial, identificando o tipo do mosquito encontrado, já que há bastante semelhança entre a muriçoca e o Aedes, segundo o supervisor da dengue no município, Aníbal Oliveira.

De acordo com a gerente de Vigilância Epidemiológica, Nadja Maria Rocha, além das visitas regulares aos domicílios e a mais de 400 pontos estratégicos no município, as ações de prevenção e combate à dengue também passam a incluir locais públicos como cemitérios, mercados públicos, sucatas e depósitos de pneus, dando mais efetividade à eliminação do mosquito transmissor da doença.

O feirante José Mesquita, que trabalha há 28 anos no mercado, foi um dos que recebeu orientações de como prevenir a criação de focos do mosquito Aedes. Ele avaliou positivamente a ação e disse que toma vários cuidados como não deixar recipientes com água parada ou jogar latas e garrafas no chão, tanto em casa como no trabalho. É preciso que todos colaborem também”, explicou.

Palestra – Nesta quinta-feira também foi realizada uma palestra e uma exposição educativa sobre dengue no mercado de frutas da Empasa, no bairro do Cristo Redentor. A programação, promovida pelas secretarias de Saúde do estado e do município, chamou a atenção dos comerciantes e clientes que visitavam a exposição. O técnico em entomologia (estudo dos insetos) da Funasa, Joel Souza, explicou aos visitantes a diferença entre o mosquito Aedes aegipty que é mais escuro e possui anéis prateados e o cúlex (muriçoca) que possui uma cor mais clara. As diferenças puderam ser observadas com a utilização de uma lupa.

No ‘Dia Nacional de Mobilização e Combate à Dengue, sábado (24), será realizada uma campanha de sensibilização com distribuição de material informativo e batidas de foco no Parque Solon de Lucena (Lagoa), panfletagem na Praça da Paz e ainda batidas de foco em galerias pluviais, domicílios e áreas de risco no bairro dos Bancários e comunidade do Timbó. As atividades começam pela manhã.