Combate ao câncer: Emlur leva grupos de percussão e teatro ao ‘McDia Feliz’

Por - em 34

A Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) levará atrações artísticas para o ‘McDia Feliz’, evento promovido pela rede de fast food McDonald’s no Brasil e que será realizado neste sábado (25) em João Pessoa. Na atividade, considerada a maior campanha de combate ao câncer infanto-juvenil do País, os participantes poderão acompanhar apresentações especiais do grupo de percussão ‘Baticumlata’ e de teatro da Emlur.

O grupo de teatro, também formado por servidores da Emlur, fará uma encenação chamando atenção para a necessidade de se fazer a coleta seletiva, como forma de preservar o meio ambiente e ainda gerar renda para as famílias dos agentes ambientais (catadores). Já o ‘Baticumlata’ mostrará em sua apresentação que se pode fazer arte através do reaproveitamento de materiais. O grupo retira sons de objetos que não têm serventia para muitas pessoas e acabam sendo deixados no lixo.

A superintendente da Emlur, Laura Farias Gualberto, avalia a participação da autarquia numa atividade como o ‘McDia Feliz’. “O evento é extremamente divertido e realizado por uma causa nobre: arrecadar dinheiro para instituições sérias que desenvolvem trabalhos valiosos em defesa da vida humana”, destacou. O diretor administrativo do órgão, Coriolano Coutinho, contou que desde o ano passado participa da iniciativa. “A causa é muito nobre, o Instituto é sério e, por isso, estamos engajados e participando desse dia de festa e solidariedade”, comentou.

O ‘McDia Feliz’ é coordenado pelo Instituto Ronald McDonald e mobiliza voluntários, artistas, personalidades, autoridades e toda a população. Anualmente, são mais de 30 mil as pessoas envolvidas. Este ano, a expectativa é de arrecadar mais de R$ 9 milhões. Todo o dinheiro recebido com a venda de sanduíches ‘Big Mac’ é revertido para instituições de apoio a crianças e jovens com câncer. As entidades beneficiadas ganham também com a comercialização de materiais promocionais como camisetas, bonés e chaveiros, entre outros produtos.

A campanha já destinou quase R$ 60 milhões a mais de 100 instituições de pelo menos 20 estados, desde sua primeira edição em 1988. Só no evento do ano passado foram R$ 8,6 milhões, com a venda de mais de 1,2 milhão de sanduíches ‘Big Mac’. Essa renda propicia auxílio a cerca de quatro mil crianças e adolescentes anualmente, viabiliza a compra de equipamentos, material hospitalar e medicamentos, a ampliação de instalações, a implantação de abrigos e casas de apoio e até a construção de unidades de transplante de medula óssea.