Compra direta local pela PMJP beneficia agricultores de Pitimbú

Por - em 40

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), na modalidade “Compra Direta Local” da Agricultura Familiar, foi lançado em Pitimbu pelo prefeito Luciano Agra, na manhã desta sexta-feira (6). O programa, que faz parte da Política de Segurança Alimentar e Nutricional desenvolvida pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP), vai beneficiar municípios do litoral sul da Paraíba como Alhandra, Caaporã, Pedras de Fogo e Pitimbú. Serão compradas 80 toneladas de produtos agrícolas por mês, beneficiando 239 famílias de agricultores, que terão toda a sua produção adquirida pela prefeitura da Capital.

Em uma parceria com o Governo Federal e com investimentos totais previstos de R$ 2.126.911,34, o programa de incentivo à agricultura familiar permite que a PMJP possa comprar produtos agrícolas não industrializados de agricultores familiares desses municípios para o Banco de Alimentos de João Pessoa. Melhor que isso: sem a ação de atravessadores. No total, são 80 toneladas de alimentos por mês que chegam a entidades cadastradas beneficiando cerca de 80 mil pessoas.

Esses números mostram os resultados do que é só o começo da implantação do programa na região do Litoral Sul e da política de incentivo à agricultura familiar desenvolvida pela PMJP, garantiu o prefeito Luciano Agra. “O programa nacional existe, mas é preciso muita vontade e uma determinação muito grande para colocá-lo realmente em prática. E isso, o governo municipal tem mostrado. Temos a intenção de fortalecer toda uma cadeia produtiva para que esses agricultores hoje beneficiados permaneçam no programa. Além disso, há um compromisso da gestão municipal de continuar expandindo e melhorando essas parcerias com os municípios que fazem parte da região”, destacou o prefeito.

Luciano Agra ainda falou de outras iniciativas que a prefeitura de João Pessoa vem adotando de incentivo à produção por parte de pequenos agricultores. “Estamos reformando nossos mercados públicos e construindo uma central de abastecimento alimentar. Na central, por exemplo, esse agricultor também vai poder vender o seu produto não só à prefeitura de João Pessoa, como a qualquer outro interessado, e sem a participação do atravessador”, disse ele.

Benefícios – O secretário de Desenvolvimento Social de João Pessoa, Lau Siqueira, que também participou do evento, lembrou que essa parceria entre prefeitura, governo federal e municípios beneficiados permite que todos saiam ganhando. As 239 famílias de agricultores inseridas no programa nessas cidades não só podem vender seus produtos por um preço mais justo, como podem ter acesso a financiamentos nas linhas de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e à assistência técnica para aumentar e melhorar a produção, explicou. “Isso mostra que é possível estabelecer uma política pública de agricultura que possa realmente transformar a vida das pessoas”, disse ainda.

Novo estímulo – Durante o evento, o presidente das Cooperativas Agrícolas Mista dos Produtores Rurais do Assentamento Nova Vida, Carlos Antero Fidelis, contou emocionado que a adoção do projeto na comunidade está melhorando a vida dos moradores e dando novo estímulo a antigos produtores. “Pessoas que estavam desestimuladas estão voltando a produzir e isso já mudou a vida dentro da comunidade”, destacou. Ele contou que além das 18 famílias de agricultores inseridas no programa, outras 40 estão já se mostraram interessadas em também aderir ao benefício no assentamento.

“O programa está trazendo para o trabalhador rural um ânimo maior. Estamos felizes de podermos manter nossa família com dignidade” disse também o agricultor Josias Ribeiro. Seu Severino Bezerra, que produz inhame, macaxeira, maracujá e feijão também elogia os resultados da iniciativa de implantação do projeto no município. “O programa é ótimo. Aqui todo mundo produzia e vendia para o atravessador, e perdia com isso. Hoje, isso é diferente. Eu cresci um pouquinho”, completou.

O lançamento da modalidade Compra Direta Local no município de Pitimbu também contou com as presenças da secretária do Meio Ambiente, Lígia Tavares; do secretário adjunto de Desenvolvimento Urbano, Raoni Mendes; da secretária adjunta do Instituto de Previdência do Município (IPM), Paula Frassinete; do prefeito de Alhandra, Renato Mendes; autoridades e lideranças políticas da região e técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Social de João Pessoa.