Comunidade Santa Bárbara ganha nove casas reformadas

Por - em 67

O prefeito Ricardo Coutinho (PSB) formalizou na noite deste domingo (18) a entrega de mais 9 casas construídas pelo Programa de Subsídio à Habitação (PSH) na comunidade Santa Bárbara, no conjunto Valentina Figueiredo. A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) também inaugurou a pavimentação da rua que dá acesso às casas da comunidade.

Ricardo disse que desde o início de sua gestão a prefeitura da Capital vem investindo na construção de casas populares. “É um compromisso nosso oferecer moradias com dignidade às pessoas. Estamos trabalhando no sentido de entregar, até o final deste ano, a casa de número de cinco mil”., garantiu.

A secretária municipal de Habitação (Semhab), Emília Correia Lima, informou que a Prefeitura construiu na comunidade Santa Bárbara um total de 19 casas através do Programa de Habitação. Segundo ela, uma nova etapa no processo de reurbanização da comunidade é a construção de uma barreira de contenção. “Todo o processo vem sendo construído com a participação dos delegados do Orçamento Democrático. As pessoas elegem as prioridades e a prefeitura torna-se assim, uma parceira”, explicou.

Moradores – A dona-de-casa Maria José Pereira, uma das beneficiadas pelo PSH, falou que mora há 19 anos na comunidade Santa Bárbara e que sempre ficava preocupada com o perído das chuvas. “Agora essa situação mudou. Moramos numa casa decente, de alvenaria. Foi um sonho realizado”, declarou. O morador Ginaldo Lucena destacou a preocupação do governo municipal em solucionar um problema crônico na comunidade, que era a falta de infraestrutura.

“Construíram as casas e pavimentação da rua de acesso. Nós tínhamos condições de construir nossas casas e através da prefeitura, atingimos nosso objetivo”, afirmou.
Todas as casas projetadas pelo PSH seguem o conceito de habitabilidade, oferecendo qualidade de vida a quem habita. As casas têm um mesmo padrão: área total de 37,2 metros quadrados distribuídos em uma sala, cozinha, banheiro e dois quartos.

O Programa de Subsídio à Habitação substitui as casas de taipa ou em situação de risco por casas construídas em alvenaria. Mais de 2.200 unidades estão sendo contempladas em 40 bairros da cidade. Para o PSH estão sendo investidos R$ 18,1 milhões. Deste total, R$ 6,9 milhões são recursos próprios da PMJP e R$ 11,2 milhões de recursos federais.