Comunidade Tito Silva inaugura biblioteca criada com apoio da Prefeitura

Por - em 78

A Biblioteca Comunitária ‘Antônio Soares de Lima’ será inaugurada nesta terça-feira (7), na comunidade Tito Silva, às 18h. A criação do espaço de leitura, cultura e conhecimento é fruto do projeto coletivo do Centro de Integração Comunitária e Cidadania São Francisco de Assis (CEIFA), juntamente com a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através do Fundo Municipal de Cultura (FMC) da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e do Movimento de Luta nos Bairros (MLB).

A biblioteca está sediada na avenida José Américo de Almeida, 90, próximo à antiga lombada eletrônica. Os horários de funcionamento serão das 8h às 12h e das 14h às 17h de segunda a sexta-feira.

O CEIFA existe desde 1999 e no ano de 2010, líderes comunitários resolveram criar a biblioteca e inscreveram o projeto no FMC da Funjope. O projeto foi aprovado em janeiro de 2011, com o apoio financeiro de R$10.000,00 (dez mil reais). O dinheiro serviu para reformar o prédio da associação e criar a biblioteca comunitária. A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) doou móveis e vai realizar as oficinas de contação de histórias, ciclo de incentivo a leitura e oficina de cordel.

De acordo com Rosilene Santana, líder comunitária, militante do MLB e presidente da CEIFA, a biblioteca será um marco na história da comunidade. “Antes nos reuníamos para saber como conseguir cestas básicas, como fazer um sopão para acabar com a fome das pessoas. Agora teremos um espaço para ajudar também essas pessoas a descobrirem seus direitos e acabar com a exploração. O grande desafio é implantar uma biblioteca numa comunidade onde quase 70% dos moradores não sabem ler nem escrever”, explicou.

O nome – Antônio Soares de Lima, conhecido como ‘Chuá’, foi líder comunitário e fundador da CEIFA que morreu em 2011. Ano passado, quando já estava enfermo, ele pediu desculpas por não saber ler e escrever, entendendo que por isso não tinha feito mais pela comunidade. A escolha do nome de Chuá foi uma forma de homenagear o líder comunitário.

Serviço:

Quem quiser doar livros, revistas, CD’s e DVD´s pode ligar para (83) 8780–5492 e falar com Rosilene Santana, líder comunitária.