Concerto de música erudita emociona público da Capital

Por - em 24

Os amantes da música clássica tiveram a oportunidade de apreciar um verdadeiro passeio pela arte erudita nacional e mundial do século XIX, durante o concerto executado pela Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas (OSMC) na noite desta terça-feira (17), no Ponto de Cem Réis.

O evento contou com as presenças de cerca de mil expectadores, que puderam acompanhar o espetáculo sentados. A qualidade sonora foi bastante elogiada pelo público e músicos da OSMC, que ressaltaram a dificuldade de sonorização de uma orquestra de grande porte, num ambiente aberto. O concerto foi regido pelo maestro suíço Karl Martin e a apresentação fez parte da turnê ‘De Carlos Gomes a Luiz Gonzaga’, que homenageia o maestro Carlos Gomes, conhecido internacionalmente pela suas óperas de estilo romântico, e ainda Luiz Gonzaga, por meio da composição ‘Gonzaguiana’, de Ciro Pereira, baseada em fragmentos da obra do Rei do Baião.

A apresentação foi uma realização da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por intermédio da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e da Secretaria de Turismo de João Pessoa (Setur). O secretário de Turismo, Euzário Pereira, e o diretor executivo da Funjope, Chico César, deram as boas vindas à Orquestra, ao lado do secretário de Cultura da de Campinas e diretor da Orquestra,o paraibano Arthur Achilles.

Chico César revelou a sua satisfação em receber a turnê nesta Capital e ressaltou, poeticamente, o momento. “Isto é uma prova que em João Pessoa, não só o sol nasce primeiro, mas também, o sol, o lá sustenido e todas as outras notas tocando juntas, pois aqui é um terreno fértil para a música erudita e popular e é com muita alegria que recebemos este concerto, que homenageia os mestres Carlos Gomes e Luiz Gonzaga”, declamou.

OSMC
– A Orquestra é composta por mais de cem músicos e realiza uma turnê que teve inicio na última segunda-feira (16), na cidade de Recife. A turnê termina nesta sexta-feira, em Fortaleza, tendo visitado as cidades de João Pessoa, Natal e Mossoró.

O público se emocionou e aplaudiu de pé cada execução, revivendo clássicos da música erudita, a exemplo de ‘A sinfonia nº 8’ (obra 93), de Ludwig Van Beethoven, ‘Marcha Eslava’, de Piotr Ilyich Tchaikovsky, e a ópera Il Guarany, baseada no livro de José de Alencar, composta pelo
brasileiro Carlos Gomes.

Ao final do evento, o músico paraibano Sérgio Gallo, presente na platéia desde o inicio da apresentação, enfatizou a importância de concertos como este em praça pública e aberto ao público. “Além da música da Orquestra de Campinas, tivemos a oportunidade de contemplar a cultura paraibana, campineira e universal. A Paraíba merece esta experiência sempre, com orquestra de todos os lugares, proporcionando o acesso à população, uma vez que uma atividade como esta é, acima de tudo, educativa e saudável”, falou.