Concerto e teatro encerram Festa das Neves, nesta terça

Por - em 29

A programação de encerramento da Festa das Neves acontece nesta terça-feira (5), data em que é comemorado o aniversário de 423 anos da Capital paraibana. O evento tem início às 18h30, com teatro, música erudita e popular.

No palco da Praça Dom Adauto, a Orquestra de Câmara da Cidade de João Pessoa (OCCJP), executa o já tradicional ‘Concerto Comemorativo’, a partir das 19h, com um repertório formado por composições de Gilberto Gil e, em seguida, tem show com a banda ‘Tuareg’s’.

Concerto – Este ano, a Orquestra de Câmara convidou o solista Paulo Brasil, do Coral Villa Lobos, para participar do concerto, que traz em seu repertório, músicas de Gilberto Gil, a exemplo de ‘Palco’, ‘Domingo no parque’, ‘Procissão’, ‘Se eu quiser falar com Deus’, e ‘Lamento sertanejo’, esta uma parceria de Gil e Dominguinhos.

O Teatro das Neves, que inicia às 18h30 no Largo de São Francisco, apresenta o espetáculo ‘Presépio Mambebe’, do grupo ‘Geca’. No mesmo local, a partir das 20h, acontecem as apresentações de folguedos culturais populares, com a participação da ‘Lapinha Jesus de Nazaré’, de Mandacaru; o ‘Coco de Roda do Mestre Benedito’, de Cabedelo, comandado pela mestra ‘Teça’; a ‘Ciranda do Sol’, do Bairro dos Novais, do mestre ‘Mané Baixinho’, e a cirandeira Sandra Belê, da cidade de Zabelê (PB).

A artista Sandra Belê traz na sua música a influência da cultura popular nordestina, pelos aboios, reisados, ‘incelências’ e pastoris vivenciados desde a infância, na cidade de Zabelê, localizada na região do Cariri Ocidental paraibano.

A cirandeira gravou o seu primeiro CD, intitulado ‘Nordeste Valente’, com uma edição gráfica bilíngüe, levando para o mundo, o valor universal de suas raízes caririzeiras. Ela também atuou na televisão, participando da minissérie da Rede Globo, ‘A Pedra do Reino’, de Ariano Suassuna, gravada na cidade de Taperoá.

Já a Tenda do Cordel apresenta a partir das 21h, a ‘Banda de Pífano São Sebastião’, de São José de Piranhas; os cordelistas paraibanos Francisco Diniz e Valentim Quaresma, e Chico do Canolino, da cidade de Baixio, no Ceará.

Jackson do Pandeiro – Já a exposição ‘Jackson do Pandeiro – Vida e obra do Rei do Ritmo’ continua em cartaz até 29 de agosto, na Unidade Cultural Casarão 34. A mostra inconográfica exibe fotos e vídeos do acervo de Fernando Moura, incluindo também banners e objetos pessoais do músico, a exemplo de vestuário, instrumentos musicais e discos. No local, tem ainda uma mostra de pinturas, gravuras e desenhos, inspirados na vida e obra do artista paraibano.