Concurso para procurador da PMJP acontece neste domingo

Por - em 36

As provas objetiva (1ª fase) e discursiva (2ª fase) do concurso público para o cargo de procurador da Procuradoria Geral do Município (Progem), da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), serão realizadas neste domingo (2). Os locais de prova e horários serão informados aos candidatos por meio de Cartão Informativo, enviado por e-mail, e disponível no site da Fundação Carlos Chagas (FCC), pelo endereço www.concursosfcc.com.br

O candidato que não receber o Cartão Informativo até o terceiro dia que antecede a aplicação das provas, ou seja, até esta quinta-feira (30), ou havendo dúvidas quanto ao local, data e horário de realização dos exames, deverá entrar em contato com o SAC da Fundação Carlos Chagas. Mais informações no Edital nº05/2012 de Convocação para as Provas, disponível no site da FCC.

O exame da 1ª fase será no horário da manhã, com a abertura dos portões às 8h e fechamento às 8h30. De acordo com o Edital de Convocação para as Provas, os candidatos terão um prazo de quatro horas para responder 100 questões. Já no horário da tarde, com abertura dos portões às 14h e fechamento às 14h30, será aplicada a 2ª fase do concurso, com duração de quatro horas.

Para realizar as provas, o candidato deverá estar munido com documento original de identidade, caneta esferográfica transparente de tinta preta, lápis preto nº. 2 e borracha. Os deficientes visuais deverão levar, no dia da aplicação da prova, reglete e punção, podendo utilizar-se de soroban.

Não será permitido entrar no local de prova com aparelhos eletrônicos ou de comunicação (agenda eletrônica, bip, relógio, gravador, notebook, pager, palmtop, receptor, telefone celular, walkman ou outros equipamentos similares), bem como protetores auriculares, nem utilizar livro, máquina calculadora, anotação e impressos não permitidos.

Número de inscritos – O concurso para a Progem oferece 20 vagas para o cargo de procurador município, com salários de R$ 5,7 mil. Para a seleção, que exige bacharelado em Direito e inscrição válida na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), estão inscritos 1.965 candidatos, sendo 24 com deficiência.

Os candidatos devem dominar os conteúdos de Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Financeiro, Direito Tributário, Direito Civil, Direito Processual Civil e Direito Urbanístico e Ambiental. A organização do concurso é de responsabilidade da Fundação Carlos Chagas.