Condomínio Amizade ganha a coleta alternativa de lixo

Por - em 102

A comunidade Condomínio Amizade, localizada no bairro de Nova Mangabeira, agora contará com a coleta alternativa de lixo. A Autarquia Especial Municipal de Limpeza (Emlur) implantou na localidade essa forma de recolhimento de resíduos, que é feita por um agente em áreas de difícil acesso onde o caminhão compactador não pode passar. Nesta quarta-feira (12), educadores ambientais da Emlur fizeram uma caminhada pela comunidade, abordando a população e levando informações sobre o acondicionamento correto do lixo doméstico.

Cerca de 850 pessoas que moram na localidade serão beneficiadas pelo serviço. Com a inclusão dessa área, 35 comunidades de João Pessoa passam a ser atendidas pela coleta alternativa. Além da limpeza que é realizada periodicamente, os moradores recebem visitas dos técnicos da Emlur, que levam informações sobre a forma correta de acondicionar o lixo e dos problemas gerados quando se deposita resíduos em locais inadequados.

Conscientização – Durante a atividade desta quarta-feira, os educadores ambientais abordaram os moradores da comunidade e levaram informações sobre a forma correta de acondicionar os resíduos, que deve ser dentro de sacos plásticos. A ação também contou com a distribuição de material explicativo sobre os problemas acarretados pelo lixo deixado em local inadequado.

Os moradores ainda foram apresentados a agente que ficará responsável pela limpeza da área. Josenilda de Lourdes Farias é moradora da comunidade e foi contratada pela Emlur para fazer o trabalho de recolhimento dos resíduos, através de meios alternativos. Para fazer o trabalho ela receberá fardamento e equipamentos.

O Condomínio Amizade abriga atualmente 223 moradias, habitadas por cerca de 850 pessoas. No mês de fevereiro passado, técnicos da Emlur fizeram uma visita à localidade e observaram que a população não estava fazendo o acondicionamento dos resíduos de forma adequada. A comunidade é atendida pela coleta regular, mas agora contará com um mecanismo a mais para a limpeza da área.

Parceria – A moradora do Condomínio, Irenila Avelino dos Santos, considerou muito importante a visita dos educadores ambientais para a comunidade. “Muita gente coloca o lixo nas ruas e nos terrenos baldios e esse lixo atrai ratos e baratos, podendo transmitir doenças. Com essa visita esperamos que o modo de agir da nossa comunidade mude”, comentou.

A superintendente da Emlur, Laura Farias Gualberto, contou que a Autarquia sempre procura trabalhar em parceria com a comunidade. “Somos parceiros da população nessa grande tarefa que é manter a cidade de João Pessoa limpa”, destacou. Ela disse ainda que outras comunidades localizadas em áreas de difícil acesso também deverão ser atendidas pela coleta alternativa.

“Essa forma de coleta foi uma forma diferente que encontramos para manter as comunidades de área de risco limpas. Pegamos um morador ou moradora da área, que conhece a realidade local, e transformamos em agente. Além de ficar responsável pela limpeza, ele é capacitado para atuar como uma espécie de educador ambiental, que orienta sobre acondicionamento do lixo e ainda dá dicas de preservação do meio ambiente”, acrescentou a superintendente.