Conselheiros do OD conhecem ações da PMJP na área de habitação

Por - em 16

A Coordenadoria do Orçamento Democrático (OD) encerrou na noite desta quinta-feira (20), a segunda etapa do Ciclo Orçamentário com a reunião entre o representante da Secretaria Municipal de Habitação (SEMHAB) e os vinte e oito conselheiros regionais no Planejamento Democrático. O evento foi realizado na sala de reuniões do Paço Municipal, Centro
.
A atividade teve como proposta apresentar as ações da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) na área de habitação social para as peças orçamentárias de 2011, assim como as obras que estão sendo realizadas pela cidade. O chefe de gabinete da Semhab, Gildimar Alves, apresentou aos conselheiros das 14 regiões do Orçamento Democrático as iniciativas e os eixos de atuação da secretaria.

“Quando a Secretaria Municipal de Habitação foi criada, em 2006, fruto de reivindicações do movimento de luta por moradia e do próprio Orçamento Democrático, passamos a identificar as principais demandas nesta área para poder resolver os problemas mais latentes”, disse.

Gildimar Alves falou sobre o Programa de Subsídio Habitacional (PSH), o “Minha Casa, Minha Vida” e o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 1 e 2), estes últimos em parceria com o Governo Federal. Através destes programas foram possíveis a transformação de casas de taipa em moradias de alvenaria, como por exemplo, as 57 casas das comunidades Terra do Nunca, no Roger. A área foi totalmente urbanizada como as comunidades das Laranjeiras e Colibris, no José Américo, contemplada com a construção de 67 moradias de alvenaria.

De acordo com o chefe de Gabinete da Semhab, ainda está previsto, dentro do PSH, a recuperação de moradias nas comunidades do Arame (Grotão), Gadanho (Padre Zé) e Feira do Mulungu (Varadouro), entre outras.

PAC – Em parceria com o Governo Federal, a Prefeitura de João Pessoa está realizando o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 1), nos vales dos rios Sanhauá e do Jaguaribe, e agora o PAC 2, voltado aos moradores do médio Jaguaribe. Entre os bairros e comunidades beneficiadas, estão as famílias que moram na Ilha do Bispo, Porto do Capim (Varadouro), Comunidade do S (Roger) e Beira da Linha (Alto do Mateus).

Gildemar anunciou ainda as recuperações que estão sendo feitas nos condomínios populares localizados no Valentina Figueiredo, Funcionários IV, Padre Zé e Jardim Veneza, e ainda a construção do conjunto habitacional Anayde Beiriz, no Bairro das Indústrias, onde serão construídos 584 apartamentos.

A política habitacional adotada pela Prefeitura de João Pessoa se pautou em três eixos: eliminação dos acampamentos em lonas e ocupação de prédios públicos, substituição de casas que estavam caindo e aquelas construídas em taipa, por moradias de alvenaria; eliminação de problemas de superlotação envolvendo várias famílias em um único cômodo.