Conselheiros regionais participam de cursos a partir deste sábado

Por - em 18

Com o objetivo de melhorar a atuação dos 28 conselheiros regionais, a Coordenadoria do Orçamento Democrático dá início neste sábado (15) a uma série de cursos de capacitação destinados a este público. A Organização Não-Governamental Centro de Ação Cultural (Centrac), de Campina Grande, é a responsável pelo curso, que será realizado das 9h às 17h, no Centro de Capacitação de Professores (Cecapro), da Beira Rio.

Para o conselheiro da 14° região, Vandinei Viegas, esta é uma antiga reivindicação do colegiado, que está muito satisfeito com esta atividade. Ele elogia o conteúdo que vem sendo trabalhado. “O curso é muito bem elaborado e nos possibilita ter uma atuação mais qualificada, fazendo com que o Conselho do Orçamento Democrático realize um trabalho consistente de controle social e de fiscalização dos atos do governo municipal”, afirmou.

A coordenadora do Orçamento, Ana Paula Almeida, ressalta que este ano houve uma grande renovação na composição do conselho do OD e que é preciso que eles estejam bem capacitados, tornando sua atuação cada vez mais qualificada. “Por isto, a coordenadoria tem realizado esta parceria com o Centrac, uma ONG importante que trabalha e estuda o controle social e a participação popular há mais de 20 anos, debatendo temas que vão ajudar os conselheiros no melhor exercício de seu trabalho enquanto legítimos representantes da população”, disse.

Os principais temas a serem enfocados no curso são: o que é o Orçamento Democrático, qual o papel do Conselho dentro da missão institucional da Prefeitura e a história dos orçamentos participativos no Brasil. Os próximos cursos de capacitação para o Conselho do Orçamento Democrático serão realizados nos meses de setembro, outubro e novembro.

Reunião
– Nesta quinta-feira (13), o Conselho do Orçamento Democrático estará reunido a partir das 18h no auditório do Paço Municipal, Centro de João Pessoa, para a sua reunião ordinária. Na pauta, a construção do plano de ação do colegiado para os próximos seis meses junto ao Governo Municipal. As reuniões do Conselho são abertas à população. São um espaço de diálogo entre a sociedade e o governo na busca da melhoria dos serviços prestados, e a difusão de uma cultura de participação e de controle social.