Conselho de Transportes se reúne e discute reajuste de tarifa de ônibus

Por - em 71

O Conselho de Transportes e Trânsito (CTT) da Capital esteve reunido na manhã desta terça-feira (27), na Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) para discutir o índice de reajuste que será aplicado nas passagens do transporte coletivo urbano a partir de janeiro de 2012. A proposta apresentada é que a tarifa seja reajustada dos atuais R$ 2, 10 para R$ 2, 30.

Durante a reunião, presidida pelo superintendente da STTrans, Nilton Pereira, foi apresentada a metodologia para o cálculo da tarifa, uma comparação do valor praticado em João Pessoa com outras capitais do Nordeste e uma análise do reajuste do valor da tarifa na Capital, considerando a variação dos preços dos insumos e as características operacionais nos últimos doze meses.

O reajuste é o resultado da política tarifaria da Prefeitura Municipal de João pessoa (PMJP) que integra o sistema de forma a reduzir o custo com deslocamento, o que representa a redução do número de passageiros pagantes ao mesmo tempo em que aumenta o número de passageiros transportados devido ao uso da integração. “A prefeitura não permite a segunda cobrança da tarifa quando se faz a integração, adota a tarifa única para todos os bairros da Capital e não impõe restrições ao uso de benefícios tarifários como passes estudantis e gratuidades, que apesar do forte impacto no valor da tarifa tem importante papel social,” disse o superintendente.

Unanimidade – Após a discussão, o superintendente Nilton Pereira demonstrou o valor encontrado pelos cálculos da STTrans de R$ 2,2950 – arredondado pelo Conselho para R$ 2,30 (dois reais e trinta centavos), sendo a planilha apresentada pela STTrans aprovada por unanimidade pelo Conselho.

Com a aprovação, o valor de R$ 2,30 (dois reais e trinta centavos) para as passagens do transporte coletivo urbano, a partir de 1º de janeiro de 2012, será encaminhado para a apreciação do prefeito Luciano Agra, que decidirá em último plano, o novo valor da tarifa na cidade de João Pessoa.

O superintendente Nilton Pereira também falou aos conselheiros sobre a reestruturação da STTrans, que passará a ser Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), que tem como princípio fundamental a modernização da mobilidade urbana de maneira sustentável, dentro da nova política da PMJP de gerenciamento do trânsito e do transporte da Capital, promovendo a cidadania e a inclusão social por meio da universalização do acesso aos serviços públicos de transporte coletivo cada vez melhores e mais eficientes.

O Conselho – O CTT é formado por representantes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Secretaria de Planejamento (Seplan), União Pessoense das Associações Comunitária (Upac), Sindicato dos Motoristas, Federação Paraibana de Associações Comunitárias (Fepac), Sindicato dos Taxistas, Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Sindicato das Empresas de Transportes Coletivos Urbano no Município de João Pessoa (Sintur), AETC-JP e União Pessoense de Estudantes Secundaristas (Upes) que anualmente se reúne no mês de dezembro para avaliar a planilha de custos do serviço de transporte público apresentada pelas empresas e decidir qual vai ser o novo valor da tarifa.