Contemplados com residências no Anayde Beiriz começam a se instalar

Por - em 49

Os moradores do residencial Anayde Beiriz, entregue pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), na última quinta-feira (29), estão terminando de se instalar nas novas casas. O prefeito Luciano Agra entregou 584 unidades habitacionais, na semana passada, pelo programa Minha casa, Minha Vida, beneficiando 1.324 pessoas. A população será atendida por equipamentos em torno do residencial, como um Centro de Referência em Educação Infantil (Crei), cinco escolas e seis Unidades de Saúde da Família (USF), sendo uma localizada apenas a 150 metros de distância do residencial.

Ainda no sábado, o vendedor ambulante Genival Ferreira fez sua mudança e já organizou toda a sua casa. “Eu morava em Mumbaba e, assim que recebi a chave, tratei de me mudar logo para minha casa. Aqui está tudo ótimo. É uma benção de Deus”, disse ele.

Genival é síndico do condomínio VI e já tem planos para a nova vida. “Vou matricular minha filha na escola Linaldo Cavalcanti, que será inaugurada aqui perto, e vou me organizar para colocar cerâmica no piso da minha casa”. Ele ressaltou, ainda, a localização do residencial, que dispõe de transporte para outras áreas da cidade, além da proximidade com o Mercado Público de Oitizeiro, supermercados e várias indústrias.

A aposentada Neuza Souza está feliz da vida em ter seu próprio espaço depois de uma vida de trabalho. “Fui servidora da PMJP por 25 anos e agradeço muito a Deus e ao prefeito Luciano Agra por esta casa”. Ela se mudou no último domingo, com a filha e o genro, e está colocando tudo em ordem. “Minhas plantas já estão aqui. Quero que se tornem árvores para dar sombra e tornar minha casa ainda mais agradável”.

A dona de casa Maria do Socorro é outra pessoa que se livrou do aluguel e conseguiu um lugar para chamar de seu. “Agora eu posso dizer que tenho uma casa”, frisou ela. Maria do Socorro é mãe de duas crianças, sendo uma portadora de necessidades especiais. Por conta disso, ela destacou o critério de acessibilidade usado pela PMJP na elaboração do projeto do residencial. “Agora eu quero matricular minha filha de quatro anos na escola e viver feliz no meu canto”.

Os moradores do residencial Anayde Beiriz têm acesso à rede de abastecimento de água, esgotamento sanitário, drenagem, pavimentação e energia elétrica, além de atendimento em saúde e educação. Os imóveis estão situados no Bairro das Indústrias e os 584 apartamentos estão em 73 blocos distribuídos em 10 condomínios que compõem as nove quadras do complexo. Cada bloco é composto por oito unidades habitacionais, sendo quatro no térreo e quatro no primeiro piso.