Coral da Emlur faz apresentação especial no Instituto São José

Por - em 28

O Coral da Emlur realizou nesta quinta-feira (19) uma apresentação especial em comemoração ao aniversário da fundação do Instituto São José. O evento foi realizado às 9h da manhã, no pátio do Instituto, localizado na Praça Dom Adauto, número 117, no Centro. Na apresentação, os coralistas da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), sob a regência da maestrina Fátima França, mostraram um repertório variado que foi da música clássica aos ritmos regionais. Bastante aplaudido pelos participantes, o coral foi um dos destaques do evento.

O desembargador Júlio Aurélio Coutinho, sobrinho do Padre Zé Coutinho, assistiu a apresentação e agradeceu a presença do coral no evento. “É um prazer receber o coral, isso mostra o trabalho que a autarquia faz de valorização de seus funcionários. Dessa forma as instituições e o poder público desenvolvem um trabalho social de qualidade para todos da cidade”, disse o desembargador.

Formado há cerca de 12 anos, o Coral da Emlur atualmente conta com a participação de 28 integrantes, entre agentes de limpeza dos Núcleos de Apoio e servidores da sede da autarquia. O grupo foi criado pelo maestro Carlos Anísio e por Fátima França, que assumiu este ano a regência do coral. “É uma grande responsabilidade trabalhar para realizar a coesão de vozes principalmente no Coral da Emlur, que tem em sua formação pessoas que precisam de um acompanhamento especial”, contou a maestrina.

Fátima França trabalha há mais de vinte anos na preparação de vozes e além do Coral da Emlur, é regente do Coral do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PET), do Coral do Tribunal de Justiça (TJ) e do Coral infanto-juvenil da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

O grupo surgiu como uma forma de valorização dos funcionários, de manter a autoestima e integração entre eles. “O coral ampliou a visão de mundo de seus integrantes, pois quando eles se apresentam são apreciados pela população como artistas e não só como agentes de limpeza”, explicou Fátima França.

Francisca Peixoto, que trabalha há treze anos como agente de limpeza na relata que como integrante do coral da autarquia, já se apresentou em vários lugares que nunca tinha imaginado nem ao menos poder entrar. “Já cantei na Estação Ciência, o Hotel Tambaú, na Assembleia Legislativa, na Polícia Federal e isso foi muito bom pois conheci vários lugares”, contou Francisca, que participa do Coral da Emlur desde sua formação.

O Coral da Emlur já se participou de muitos eventos promovidos pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) e sempre é convidado por empresas e instituições para apresentações, como a que foi realizada para o Instituto São José. Além disso, os coralistas da Emlur já se apresentaram com artistas como Elba Ramalho, Antônio Barros e Cecéu, com a Orquestra Cinco de Agosto, entre outros.