‘Corredor Cultural’ deste sábado traz a orquestra Piratas do Jaguaribe

Por - em 52

Para aqueles que quiserem esticar a diversão depois do show do ‘Sabadinho Bom’, a dica é a apresentação o clube carnavalesco de orquestra ‘Piratas do Jaguaribe’, no Beco da Cachaçaria Philipéia. O evento, que acontece neste sábado (16), está dentro das ações do projeto ‘Corredor Cultural’, voltado à ocupação do Centro Histórico da Capital. A realização é da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) através da sua Fundação Cultural (Funjope).

Fundado em 1930, no bairro que deu nome ao grupo por uma turma de amigos, o Piratas do Jaguaribe coleciona vários títulos no Carnaval pessoense. Atualmente, tem na direção Edivaldo de Lacerda Lima (Zumba) e Elias de Carvalho, entre outros participantes antigos.

No repertório da apresentação deste sábado, o espaço para canções tradicionais do cancioneiro popular está garantido pelos músicos que prometem agitar as ruas da cidade antiga.

Origem – O clube de orquestra Piratas do Jaguaribe foi fundado com as cores preta e branca e, no início, fazia uma sonoridade do tipo pau e corda. Com o passar dos anos, além do som ter evoluído com acréscimo de outros instrumentos, suas cores também mudaram, passando a ser preta, branca, vermelha e amarela, com fantasia original de Pirata.